sábado, 22 de janeiro de 2011

Auto-ajuda ou ajuda do alto?

"Pois o Filho do homem não veio para destruir almas, mas para salvá-las", (Lucas9.56).

      Jesus Cristo é um promotor de reconstruções, é aquele que "não esmagará um galho que está quebrado, nem apagará a luz que está fraca" (Isaías 42.3). É aquele que resgata, reconcilia e restaura. Deus quer que tenhamos comunhão com Ele; que o nosso lugar é em seus braços de amor. A mensagem do evangelho é o poder de Deus para aquele que crê. Mas, existe uma mensagem que tem feito muito sucesso ultimamente, é a mensagem da auto-ajuda.

       Nos últimos tempos, a mensagem da auto-ajuda tem sido mais aceita do que a mensagem de ajuda do Alto. Do ponto de vista ateu ou até mesmo agnóstico não há esperança, pois tudo é acidental e a existência se torna um nada navegando no vazio e tudo é regido pelo todo-poderoso caos. Nesse aspecto, a única certeza é a da incerteza. É nesse momento que os autores dos livros de auto-ajuda entram em cena e dizem que o homem tem sim a possibilidade de encontrar a felicidade, basta acreditar no seu potencial, é só seguir as instruções. Já a mensagem do Evangelho de Jesus Cristo oferece ajuda do Alto. Não se trata do sucesso e do poder que o homem conhece e busca ser reconhecido, mas trata-se do reconhecimento de que  somente em Deus encontramos o que necessitamos para sermos verdadeiramente felizes. Essa felicidade existe em aceitar pela fé que Ele tudo pode, e que Sua soberana e graciosa vontade nos surpreende quando menos esperamos.

       A auto-ajuda faz o ser humano confiar mais em si mesmo, enquanto a ajuda do Alto faz o ser humano
confiar no Altíssimo. A auto-ajuda leva o homem a depender da sua capacidade para atingir os seus alvos, a ajuda do Alto leva o homem a crer e depender do amor e da graça do Pai, a fim de que o que ninguém nunca viu nem ouviu, e o que jamais alguém pensou que podia acontecer, é isso o que Deus preparou para aqueles que o amam (1 Coríntios2.11).


No amor de Cristo Jesus...                                                                               Pr. Luiz Henrique

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

MUDANÇA

                                                                                                                                                                               

Mudança

   Mais um ano começa e sempre há coisas em nossas vidas que precisam ser mudadas. O grande problema é que nem sempre é fácil. Quem já mudou de casa sabe que com o passar do tempo vamos ajuntando coisas e muitas vezes até falta lugar para guardá-las. Mas, diante disso surge uma pergunta: como desfazer de algumas coisas que estamos tão apegados? Muitas vezes idolatramos objetos e até lugares, outras vezes ajuntamos "tesouros", e sabemos que as traças ou a ferrugem irão destruí-los.

   O fato é que, às vezes somos egoístas e retemos coisas que poderiam beneficiar alguém que está necessitando. Mas, talvez você tenha algumas coisas guardadas que foram importantes no passado e hoje já não dá mais o devido valor. Aliás, descobrimos que descobrimos que muitas das coisas são importantes para nós hoje, não serão mais daqui algum tempo. Por isso, que tal fazermos uma boa "faxina" em nossos lares e porque não em nossas próprias vidas também. Certamente há coisas que precisam ser retiradas para
darem lugar às novas.

   Você já tentou? Você sente dificuldade quando se fala em mudança?

          Alguém já disse que uma mudança de comportamento começa com uma mudança de coração. Um coração fechado e endurecido não permitirá que Deus nos ajude nessas mudanças. Não sejamos iludidos com a nossa religiosidade formal ou incredulidade.
          Hoje mesmo o Senhor está nos dando a preciosa oportunidade de recomeçarmos. Mas, diferente dos homens, Ele não impõe nada a nós, pois só Ele pode amar sem impor, por isso renda-mos ao Seu sublime amor.

          Façamos de 2011 um ano diferente. Façamos os nossos planos colocando Deus em todas as áreas da nossa vida e mantenhamos a direção e a companhia Dele ao longo da jornada. Com toda certeza iremos notar a diferença dos anos anteriores. A Ele seja toda glória para sempre.


     "Mas buscai primeiro o Reino de Deus, e a sua justiça, e todas essas coisas vos serão acrescentadas". Mateus 6.33

      No amor de Cristo...
     Pastor Luiz Henrique          

sábado, 1 de janeiro de 2011

Conquista das Mulheres Brasileiras

Em discurso emocionado, Dilma enaltece conquista
das mulheres e promete erradicar pobreza

Nova presidente do Brasil afimou que será presidente de "todos os brasileiros"

Presidência
Presidência
Dilma faz seu primeiro discurso como presidente no Brasil no plenário do Congresso


Em seu primeiro discurso como presidente do Brasil, Dilma Rousseff enalteceu a conquista de uma mulher ao assumir o cargo, neste sábado (1º), em Brasília. No plenário do Congresso, por cerca de 40 minutos, ela prometeu honrar as mulheres e se emocionou ao dizer que a partir daquele momento seria a “presidenta de todos os brasileiros”.

- Hoje será a primeira vez que a faixa presidencial cindirá sobre o ombro de uma mulher.

Candidata escolhida por Luiz Inácio Lula da Silva para sucedê-lo, Dilma agradeceu o agora ex-presidente ressaltando o legado deixado por ele. Segundo a nova presidente, ela terá a missão de consolidar as conquistas do governo anterior.
- Vivemos um dos melhores momentos da vida nacional, milhares de empregos estão sendo criados, nossa faixa de crescimento mais que dobrou, superamos a nossa divida externa, resgatando milhões de brasileiros da tragédia da miséria. [...]Não vou descansar enquanto houver brasileiros sem alimento na mesa. Não vou descansar enquanto houver pessoas vivendo nas ruas.
Durante o discurso, Dilma ainda disse que pretende manter os fundamentos do antigo governo, mas sugere mudanças na Constituição para fazer "avançar a democracia". Sua maior luta, conforme disse, será a erradicação da pobreza extrema.
A presidente destacou a importância da Petrobras para o setor energético e exaltou como o pré-sal ajudará a aumentar os investimentos em áreas que exigem atenção. Dilma prometeu ainda maior controle no combate às drogas e, em especial, do crack.

Ao falar dos desafios que terá pela frente, citou poema Guimarães Rosa para dizer que “a vida é assim: esquenta e esfria, aperta e daí afrouxa, sossega e depois desinquieta. O que ela quer da gente é coragem.”
- O Brasil do futuro será exatamente do tamanho daquilo que juntos fizermos por ele.
Ao finalizar o discurso, visivelmente emocionada após citar um poema, Dilma pede que "Deus abençõe todos os brasileiros".
Entrega da faixa
Após discursar , a presidente do Brasil segue ao lado do vice-presidente, Michel Temer, para o Palácio do Planalto, onde serão recebidos pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva e pela primeira-dama Marisa Letícia. O vice José Alencar e sua mulher também estariam presentes, mas o vice de Lula, que luta contra um câncer há 13 anos, continua internado no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.
No parlatório, que é voltado para a Praça dos Três Poderes, Lula transmitirá a faixa presidencial para Dilma. Já com a faixa, a presidente entrará no Palácio do Planalto, onde receberá os cumprimentos dos chefes de Estado e autoridades, no salão Leste. Às 17h, voltará ao parlatório, de onde fará o primeiro discurso à população.
Em seguida, Dilma empossará seus 37 ministros. Terminada mais esta etapa, a presidente eleita irá para o Itamaraty, onde, a partir das 18h30, participará de um coquetel para autoridades e missões estrangeiras.
Foram confirmadas as presenças de 24 chefes de Estado e governo, entre eles a secretária de Estado americana, Hillary Clinton, e o presidente da Venezuela, Hugo Chávez.