segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

SORRIA MAIS E MAIS

Rir & Relacionamentos: cura mágoas e rejuvenesce
Por Cláudia Ramos, Dalila Magarian e Déborah de Paula Souza (*)
O riso cura o mau humor, alivia os males da alma, torna as mulheres mais belas, os homens interessantes e a vida leve. Confira os resultados de uma das pesquisas mais felizes da temporada!
O homem gosta de rir por rir. A mulher, para parecer mais leve, bonita e sedutora. Para eles, a risada é um fim. Para elas, um meio. Essa é uma das conclusões da antropóloga Mirian Goldenberg, paulista radicada há anos no Rio de Janeiro, que resolveu pesquisar o papel do riso na nossa cultura. Mas, afinal, quem está certo, o homem ou a mulher? Ambos. A alegria é um bem em si, mas a intuição feminina não se engana: o sorriso é uma poderosa arma de conquista. Não serve apenas para encantar o sexo oposto mas também para fazer amigos e abrir portas. “Na minha opinião, o riso e o sorriso são até mais importantes do que a palavra”, afirma Mirian. Você pode dizer coisas pertinentes, mas, se tiver um discurso sério demais, não consegue se comunicar, pois não faz contato afetivo com o outro.” A especialista garante que o riso é valorizado no Brasil, mas sua importância não é a mesma em todo lugar. Entre suas entrevistadas, por exemplo, há uma brasileira de 47 anos que já morou em vários países e há dez anos se fixou nos Estados Unidos. Ao comparar o humor brasileiro e norte-americano, ela considera que estamos muito melhor na foto: “Temos até rituais coletivos, nos quais rimos de nós mesmos, como o Carnaval e as festas juninas. Os brasileiros são capazes de rir das suas heranças culturais, da pobreza, da homossexualidade, de tudo. Já os rituais americanos são cheios de pompa e tradição, daí a praga do politicamente correto. Eles acreditam que devem parecer sérios para provar que têm valor. Nós somos mais relaxados. Como sabemos zombar de nós mesmos, não temos tanto medo do ridículo porque, no fundo, acreditamos que o mais importante é ser feliz”.
No Brasil, nos comunicamos muito com os gestos e o corpo. O riso, expressão física de contentamento, é tido como um modo de cada um vender seu peixe, negociar e contornar conflitos. “Além da alegria, ele também é uma demonstração de receptividade e acolhimento. Associado a outros elementos não verbais, ganha diversos significados”, explica o psicólogo Ailton Amélio, especialista em comunicação não verbal e relações amorosas. Segundo ele, um belo sorriso acende o sinal verde na paquera; já a capacidade de rir junto é prova de cumplicidade e sintonia fina entre os casais.
Elixir mágico
Para a pesquisa A Risada na Cultura Brasileira, Mirian Goldenberg distribuiu questionários a 100 homens e 100 mulheres. Ela fez ainda 50 entrevistas detalhadas. O estudo, realizado este ano, foi consequência de outro que a antropóloga fez em 1998 sobre casamento, sexualidade e infidelidade, na qual ela mapeou o que era considerado atraente pelos dois sexos. Ambos destacaram o corpo, a inteligência, o charme e o bom humor. Numa recente investigação sobre envelhecimento, os entrevistados também apontaram que “a melhor forma de envelhecer é com bom humor”. Somando todos os levantamentos, Mirian acumulou mais de 3 mil questionários em que a capacidade de rir mostra-se muito valorizada: espécie de elixir mágico, ela é vista como agente de cura da solidão e dos males da alma, ajudando a viver, amar e aceitar as transformações do tempo. Essa tese feliz tem também o aval de roteiristas e humoristas nacionais (leia os depoimentos ao longo desta reportagem). Os homens parecem se divertir mais do que nós: 84% dos entrevistados dizem que riem muito, ante 68% das mulheres. E quando é que elas riem mais? Quando estão perto dos homens – namorado, amigo ou filho. “Entre eles, 60% se consideram engraçados. Só 30% das mulheres afirmam o mesmo a respeito delas”, diz Mirian. No uso perspicaz da autoironia, de novo eles ganham: 50% garantem que sabem rir de si mesmos. Entre as mulheres, apenas 28%.
Beleza alegre
Elas admitem que gostariam de rir mais. Associam o riso feminino à beleza e à leveza. E curtem o bom humor masculino, mas sem palhaçadas. Gostam mesmo é de ver neles o traço da perspicácia, da inteligência. Têm inegável simpatia por homens que as façam rir na dose certa. Os engraçadinhos cansam ou são vistos como inconvenientes. E elas também apreciam a faceta séria deles. Já para os homens, o único momento em que uma mulher não deve rir é na hora do sexo. Para eles, a risada é importante na aproximação, mas não na hora H. Embora as mulheres julguem arriscado demonstrar muita alegria no trabalho, os homens declaram que uma profissional risonha nunca seria considerada pouco séria ou menos competente por eles.
Na visão de Mirian, as mulheres riem menos porque são mais pressionadas socialmente. “Ainda precisam provar que são competentes, que conseguem manter a casa e o corpo em ordem, que são sensuais...” Essa tensão atrapalha a felicidade. Tanto que a pesquisa levantou quais são os conselhos de homens e mulheres para que as pessoas consigam rir mais. Eles são simples: “Ter amigos, tomar um chopinho com eles e rir de si”. Dizem elas: “Não levar as coisas tão a sério, conter a crítica e autocrítica, aproximar-se de gente divertida, casar ou namorar com alguém bem-humorado, transformar tragédia em comédia, conviver com crianças, lembrar que cada dia pode ser o último e comer mais chocolate”.
Toque sedutor: Cultive a alegria de viver. Riso bom é o espontâneo. O falso não tem graça. O cínico é violento – em vez de atrair, machuca e afasta os outros.
Quem ri por último ri melhor? Que nada! Tudo depende do contexto e da sensibilidade. Ri melhor quem sabe compartilhar a graça em vez de usá-la para excluir alguém da roda.
Fique esperta:  por sua conotação erótica, o riso pode acabar provocando tanto a libido quanto o ciúme do parceiro.
Você é tímida? Experimente encarar o pretendente, desviar os olhos e olhar de novo, agora com um sorriso. Pode atingir o alvo sem trair seu estilo.
Efeito matador:  ao dar uma boa risada, jogue a cabeça para trás e deixe seus belos dentes à mostra. Esse é um flerte universal e significa: “Pode chegar”.
Fontes: Mirian Goldenberg, antropóloga, Rio de Janeiro; e Ailton Amélio, psicólogo, São Paulo.
Depoimentos
“O riso cura a mágoa e é uma linda maneira de ensinar a delicadeza. Desperta a felicidade e traz prazer ao corpo. Rir é chegar perto. Quando duas pessoas sabem fazer isso juntas, ou são amigas ou amantes, o que já é motivo para alegria. E, se aconteceu em um primeiro encontro, pode ter certeza: foi um milagre”
ADRIANA FALCÃO, ESCRITORA E ROTEIRISTA DE PROGRAMAS COMO A GRANDE FAMÍLIA, DA REDE GLOBO
“Uma pessoa de bom humor tem mais chances de estabelecer relações legais no trabalho e na vida. Muita gente feia fatura altas gatas só com o poder de uma piadinha bem colocada. Pode-se, inclusive, enfrentar adversidades com uma gracinha, pois se consegue desarmar o outro, mostrar presença de espírito e, assim, conquistar o rival”
HÉLIO DE LA PEÑA, HUMORISTA DO CASSETA & PLANETA, DA REDE GLOBO
“Rir é divino e sexy. Cria abertura para o tesão; você fica mais sedutora. Gargalhada é orgasmo. Quando termino um show, parece que acabei de fazer sexo, com direito ao gozo final! O segredo do humorista é levar a alegria para seu cotidiano. É um exercício diário, assim como a fé em Deus, porque Ele, sim, é o maior humorista do mundo!”
FAFY SIQUEIRA, ATRIZ E HUMORISTA
“O riso é ótimo para combater a paralisia facial, estimula a musculatura do rosto. Mas é um perigo no sexo: se a mulher rir durante o ato, aperta o pênis. O que gosto é de ver duas pessoas rirem juntas. O solo se abre e um dragão roxo aparece em meio à crosta terrestre. É lindo!”
RAFINHA BASTOS, JORNALISTA DO CQC, DA REDE BANDEIRANTES
“O humor é uma válvula de escape e a arma do perdedor, pois, com ele, um anônimo pobre se iguala a um rico famoso; basta tirar sarro de seus deslizes. O riso é o sintoma de que o mal está curado: se você consegue gargalhar ao lembrar de algo ruim é porque não dói mais”
DANILO GENTILI, ATOR E HUMORISTA DO CQC, DA REDE BANDEIRANTES
Texto publicado na Revista Cláudia - editora Abril

FONTE: site: Doce limão, de Conceição Trucon

CUIDADOS COM AS UNHAS

Cuidados nos salões de beleza podem evitar infecções

Considerado um hábito de higiene, fazer as unhas, também pode representar riscos de infecções
    O esmalte se transformou em um item essencial no visual das mulheres. A variedade de tons, textura e acabamento deixam para trás o antes tradicional branquinho e libera todas as cores, deixando em evidência a personalidade e o estado de espírito da consumidora.  Para o dermatologista do Hospital Nossa Senhora das Graças, Maurício Sato alguns cuidados são fundamentais para manter as unhas saudáveis e bonitas. “Deve-se evitar o uso contínuo de esmaltes ou acetonas, pois eles causam a destruição da camada superficial da unha, que serve de proteção natural contra agentes externos”, afirma. Caso as mulheres não consigam fazer o intervalo, de pelo menos cinco dias, é necessário usar removedores de esmalte sem acetona e hidratar as unhas e mãos, ao menos, três vezes ao dia. Considerado um hábito de higiene, fazer as unhas, também pode representar riscos de infecções. Ao retirar o excesso de pele ao redor dos dedos, a manicure facilita a entrada de infecções por fungos, bactérias, vírus ou alergias e unhas frágeis. “Pequenos traumas na pele ou na unha devido ao uso de materiais pontiagudos, cortantes ou perfurantes, quebra a proteção natural e coloca a pele e a unha em contato com microorganismos na parte mais profunda da pele”, alerta o dermatologista. As doenças mais comuns são as micoses - provocadas por fungos, verrugas - provenientes de vírus. A mais séria é a hepatite, causada tanto por bactérias quanto por vírus. Dr. Sato explica que uma das maneiras de prevenir essas doenças é certificar-se das condições higiênicas do estabelecimento, se os materiais são devidamente esterilizados e evitar a retirada de pele desnecessária e traumas excessivos. “Atualmente os materiais desses estabelecimentos vêm sendo esterilizados da mesma maneira que fazemos em nosso consultório, o que diminui significativamente a chance de infecções”, salienta o médico. A esfoliação nas mãos e nos pés de acordo com o Dr. Sato só deve ser feita após avaliação cuidadosa com dermatologistas. “Algumas infecções fungicas, virais e até mesmo câncer de pele podem  estar ligadas à espessura e a densidade da pele. Por isso, é importante saber a causa do revestimento áspero antes de esfoliá-la”, enfatiza. Tratamento De acordo com o dermatologista o tratamento de doenças de unhas em geral é demorado e os exames laboratoriais existentes até o momento, apresentam taxas de negatividade relativamente elevadas. “A pessoa tem infecção, mas os exames mostram-se negativo. Mas é necessário insistir na investigação e alertar os pacientes que as mudanças diárias de comportamento interferem diretamente no sucesso de tratamento”, frisa.
      FONTE: BEM PARANÁ - O PORTAL PARANAENSE

    CARNAVAL- DICAS PARA QUEM VAI CAIR NA FOLIA!

    ESCLAREÇA SUAS DÚVIDAS SOBRE O CARNAVAL
    <!--[if !supportLists]-->1) <!--[endif]-->Que bebida é infalível para curar ressaca? E para desidratação?
    Quando ingerimos álcool a produção de urina aumenta, levando o corpo à desidratação. Também há alguns componentes presentes nas bebidas alcoólicas que fazem com que sintamos dores de estômago e até intestinais.
    Água é o líquido mais indicado para ingestão na manhã seguinte ao carnaval. Beba muita água durante todo o dia que segue a ingestão de bebida alcoólica, assim todos estes sintomas irão melhorar bastante.
    Você também pode consumir suco de frutas natural e água de côco. Além de refrescar, as vitaminas e minerais presentes nessas bebidas irão ajudar a reequilibrar seu organismo.
    <!--[if !supportLists]-->2) <!--[endif]-->Quais alimentos devem ser evitados durante o Carnaval levando em consideração o calor, as poucas horas de sono e a folia em si?
    Evite todos os tipos de frituras e alimentos gordurosos como frango com pele e carne com gordura. Estes alimentos deixam o seu estômago “pesado” dificultando a digestão e dando moleza.
    <!--[if !supportLists]-->3) <!--[endif]-->Quais bebidas devem ser evitadas durante os dias festa?
    Sempre oriento que se deve evitar o consumo de álcool, não apenas pelas alterações que ocorrem no organismo, como já citei, mas porque também pode trazer outros “efeitos colaterais” como, alteração de comportamento, boca seca, fadiga, dor de cabeça.
    Mas caso você não abra mão da cervejinha a orientação é que mulheres consumam uma lata e os homens duas, no máximo. Isso porque a mulher demora mais que o homem para processar o álcool no organismo.
    <!--[if !supportLists]-->4) <!--[endif]-->Quais os alimentos indicados para que a pessoa aproveite melhor o Carnaval?
    Um fator importantíssimo é a hidratação. Consuma 2 a 3 litros de líquidos (água, suco natural, água de côco) por dia antes, durante e após o carnaval.
    Para comer prefira alimentos leves, com pouca gordura, para que não pese o estômago e não corra o risco de ganhar uns quilinhos extras. Prefira consumir carnes magras como peixes, frango sem pele, carnes sem gordura.
    Antes de sair para a festa realize uma refeição rica em carboidratos (pão, arroz, macarrão, mandioca, batata) para ter mais energia.
    Durante a festa não fique mais de 3 horas sem se alimentar fazendo lanchinhos com barrinhas de cereais, frutas (até mesmo as desidratadas).
    Caso consuma álcool, intercale com ingestão de água e algo para comer (sementes: castanhas, azeitonas, amêndoas).
    <!--[if !supportLists]-->5) <!--[endif]-->Como podemos evitar contratempos ‘estomacais’ durante o Carnaval?
    Consuma alimentos saudáveis, não fique muito tempo sem comer e tenha muito cuidado com a higiene do estabelecimento em que irá comprar os produtos. Verifique se o estabelecimento tem uma boa higiene, porque além de uma dor de estômago pode levar a algo mais grave.
    <!--[if !supportLists]-->6) <!--[endif]-->Se a pessoa passar mal, o que deve ingerir para melhorar e continuar a curtir?
    Quando sentimos algo diferente devemos procurar orientação médica.
    Mas se você exagerar na bebida ou comer pouco e sentir enjôo, tontura pode significar hipoglicemia, ou seja, pouco açúcar no sangue e excesso de álcool. Para melhorar os sintomas vá a algum lugar fresco, beba água, coma uma bala ou uma fruta ou qualquer alimento disponível que seja rico em açúcar.
    Se os sintomas estiverem mais fortes e incluírem náuseas, vômitos e dor de cabeça prepare um soro caseiro para ajudar na hidratação e recuperação da energia. O ideal é consumir 1 litro por dia.
    Receita de Soro Caseiro:
    <!--[if !supportLists]-->- <!--[endif]-->1 copo de água filtrada ou fervida;
    <!--[if !supportLists]-->- <!--[endif]-->1 colher de chá de sal;
    <!--[if !supportLists]-->- <!--[endif]-->3 colheres de chá de açúcar.
    <!--[if !supportLists]-->7) <!--[endif]-->Vale a pena ter algum alimento, como por exemplo uma barrinha de cereal, na bolsa no caso de indisposição?
    Sempre vale a pena. Além da barrinha de cereal pode ter na bolsa sementes como, amêndoa, castanhas, frutas in natura ou desidratadas. Sempre tenha em mãos algo leve e que possa ser usado como um pequeno lanche.

    Por: Mariana Fantini

    domingo, 27 de fevereiro de 2011

    MAIS DICAS DE MODA - OUTONO - INVERNO: BOTAS

    Quando chega a época de outono inverno, um dos sapatos mais procurados e usados é a bota. Além de proteger contra o frio, a peça é muito marcante na composição do visual feminino.
    Existem vários modelos de bota: com salto, sem salto, salto plataforma, salto fino, cano longo, cano baixo… Enfim, geralmente a escolha do par alia o gosto pessoal da mulher e a tendência para determinada época. Vamos ver agora alguns modelos de botas de outono inverno 2011, que podem se adequar ao seu estilo pessoal.

    Modelos de Botas Femininas para o Outono Inverno 2011

    Para as mais tradicionais, a também tradicional bota de cano longo e salto alto, é atemporal. Você pode ousar na cor do calçado, mas quando for combinar com a roupa,  atenção deve ser maior.
    Já para quem não curte salto alto, mas quer desfilar uma bota, a dica é a bota sem salto. Com cano longo ou baixo, muitas delas vêm com um detalhe de fivela.
    Por último, podemos falar das botas de cano baixo. Você pode combinar tanto com uma saia, quanto com a calça jeans. Nesse sentido, a novidade é o chamado “abotinado peep toe”. O sapato imita a bota de cano baixo, mas tem uma abertura, seja frente ou atrás do sapato.
    Confira logo abaixo uma galeria de fotos com modelos de botas e looks que devem prevalecer da moda outono inverno 2011.

    Fotos de Looks e Modelos de Botas da Moda Outono Inverno 2011

    CABELOS CURTOS CACHEADOS - NOVELA

    Cabelos

    novo corte de cabelo

    Cabelos Cacheados Curtos 2011

    Muita gente que tem e usa o cabelo cacheado, teme só de pensar em deixar seus cachos com um comprimento curto. Isso porque, se tem a idéia de que um cabelo curto com cachos fica com o aspecto muito armado. Mas isso é besteira, dá sim para ter cabelos cacheados curtos sem que o cabelo fique com esse aspecto indesejável.
    Um exemplo disso é a personagem Carol, de Camila Pitanga, da novela global “Insensato Coração” que vem fazendo moda em 2011. Ela tem o cabelo bem curtinho, mas com cachinhos, e nem por isso eles ficam armados. Muito pelo contrário, com um corte moderno, o visual da personagem é um charme só.
    É claro que nem todo mundo tem o biótipo da Camila Pitanga… Por isso, procure seu profissional de confiança para saber se esse tipo de corte se ajusta ao formato do seu rosto, e como fazer para não deixar o cabelo armar.
    Existem cremes e linhas de tratamento que ajudam a controlar o volume e o frizz do cabelo. Fazer hidratação esporadicamente ajuda a manter o aspecto do cabelo mais bonito e saudável.
    Por isso se sentir vontade de cortar o cabelo, não se acanhe. Procure seu salão de beleza, e ouse. Afinal, mudar o visual é sempre bom…

    Fotos do Novo Corte de Cabelo de Camila Pitanga

    VESTIDOS NO INVERNO - QUE TAL?

    Vestidos Inverno 2011

     
    No verão, os vestidos são uma peça muito utilizada. Mas quando a estação acabar, não precisamos necessariamente colocar os vestidos no guarda-roupa e esquecê-los de vez. Sempre observando que há vestidos mais adequados ao inverno e os mais adequados ao verão, e alguns que funcionam como peças coringas em ambas as estações.
    No inverno, os vestidos mais adequados são os de comprimento médio a longo. Não quer dizer que os curtos estejam proibidos, mas se usar certamente passará muito frio.
    Dá para combinar peças como botas e meia-calças com um vestido. Um vestido médio de uma cor neutra, com uma bota fica bem legal. Você ainda pode combinar seu vestido com um casaquinho, que além de proteger contra um frio, dá um charme a mais ao visual.
    Em relação à meia-calça, você pode usá-la com a bota, ou com um sapato diferente… Sabe aqueles todo fechados, mas com abertura na frente? Então, dá para combinar com a meia-calça, e você tem então um jeito diferente de imitar uma bota.
    Confira logo abaixo, algumas fotos de looks e modelos de vestidos para o Outono Inverno 2011. Inspire-se, monte o seu próprio visual e faça a sua moda.

    Modelos de Vestidos e Looks – Tendências Moda Outono Inverno 2011

    TENDENCIAS DE MODA

    Pantalonas!

    As pantalonas estão super in!!! Pode apostar que é sucesso garantido!


    FONTE: BLOG DA JU PENEDO


    ALGUMAS RECEITINHAS CASEIRAS- Atendendo a pedidos...

    Receitinhas caseiras!

    Eu adoro fazer receitinhas caseiras para cuidar da beleza!! Vou contar meus segredinhos pra vocês!!
     Mascara hidratante: Misturo hipoglós com bepantol. Aplico no rosto e deixo por 30 minutinhos. A pele fica mais clara e super hidratada!

     Fita anti cravo: Misturo 1 colher de gelatina incolor em pó com 1 colher de leite. Depois coloco no microondas por 10 segundos. Espero esfriar um pouco e aplico no nariz com um pincel. Deixo por 10 minutos e depois puxo para retirar os cravos e impurezas.

    Calmante para olhos: Faço um chá de camomila e depois de pronto coloco na geladeira. Quanto estiver geladinho pego o saquinho e deixo nos olhos por 15 minutinhos. A receitinha ameniza muito as olheiras!!

    Esfoliante natural: Misturo duas colheres de mel com 2 colheres de açúcar. Depois mexo e o esfoliante está pronto. Como o esfoliante fica grossinho é ideal para ser utilizado nos pés e mãos.
     
     
     
     
    FONTE: BLOG DA JU PENEDO
     
     

    PELE SAUDÁVEL COM UMA BOA NUTRIÇÃO

    Pele Saudável com uma Boa Nutrição

    A fruta e legumes que possuem pigmentação vermelha apresentam altas taxas de antioxidantes que ajudam a prevenir o enrugar precoce da pele.
    A fruta e legumes que possuem pigmentação vermelha apresentam altas taxas de antioxidantes que ajudam a prevenir o enrugar precoce da pele.
    O recurso ao botox ou gastar centenas, por vezes milhares de euros em cremes que fingem desafiar a idade não são as únicas formas de manter a sua pele com um aspecto fresco, vigoroso e saudável. Uma das estratégias mais eficazes para fortalecer a saúde da sua pele é nutrir o corpo através de uma alimentação saudável e equilibrada. As investigações demonstram que consumir certos tipos de alimentos pode ajudar a prevenir rugas, danos causados pela exposição ao sol e manter a pele hidratada. Na próxima vez que for às compras, faça também uma lista para a sua pele.

    Laranja, frutos vermelhos e produtos hortícolas - A fruta e legumes que possuem pigmentação vermelha apresentam altas taxas de antioxidantes que ajudam a prevenir o enrugar precoce da pele. As batatas-doces, tomates e o melão, por exemplo, podem ajudar a manter a sua pele firme e brilhante. Acrescente mais frutas e legumes como estes à sua alimentação diária. Em vez de fazer puré de batata ou batatas cozidas com a batata regular, utilize batatas-doces com um pouco de açúcar amarelo e um pouco de manteiga. Quando fizer uma sandes ou salada para o lanche, acrescente umas fatias de tomate, e troque as batatas fritas ou salgados por fatias frescas de melão.

    Citrinos - Consumir citrinos numa base diária vai ajudar a manter a sua pele hidratada, o que a longo prazo vai prevenir as rugas. A vitamina C é um antioxidante muito poderoso que pode manter o colagénio na estrutura da sua face e impedir a flacidez. Contudo, e porque a vitamina C é solúvel na água, os níveis desta vitamina que podem ser armazenados no seu corpo são reduzidos, o que significa que terá de fortalecer o seu “stock” natural diariamente. As laranjas são uma das melhores fontes de vitamina C, mas as toranjas, limões e limas são também excelentes escolhas para manter os níveis de vitamina C regulares. O colagénio começa a desaparecer a partir dos 30 anos – comece a armazenar a partir de agora!

    Misture laranja ou toranja nas saladas para uma combinação saudável e fresca de Verão. Esprema uns limões, lima ou laranjas e beba revigorantes limonadas ou laranjadas. Esprema um quarto de limão por cima de peixe grelhado ou de frango para um condimento exótico. As opções são variadas, seja criativo.

    Chás - Os antioxidantes conhecidos com EGCG é uma poderosa substância que pode prevenir o acne, danos causados por exposição solar e inflamações de pele. O EGCG é também conhecido por combater o cancro da pele e outros tumores. Os chás, como o chá verde, chá preto ou chá branco são as melhores formas de ingerir o EGCG, já que bastam entre quatro a seis copos de chá por dia para beneficiar dos efeitos do EGCG na sua pele. Substitua gradualmente o café diário por chá – complementarmente a ajudar a sua pele, os antioxidantes presentes no chá serão poderosos promotores de saúde para todo o organismo.

    Folhas Verdes - A vitamina A, um dos nutrientes mais importantes para a saúde da pele, combate o envelhecimento precoce, a formação de escamas e a desidratação. A vitamina A é também essencial para a renovação celular e promove o crescimento de nova pele. Os espinafres e bróculos, por exemplo, são excelentes fontes de vitamina A, sejam frescos, crus, cozidos ou cozinhados a vapor, os legumes de folha verde são excelentes agentes para a saúde da pele.

    Peixe - Os ácidos gordos ômega 3 encontrados no peixe, como no salmão, atum, sardinhas ou mesmo no marisco, possuem propriedades anti-inflamatórias que combatem os danos causados pela exposição prolongada ao sol. Apesar de consumir peixe ser uma excelente forma de manter a sua pele radiante e gloriosa, mantenha moderado o consumo de marisco, de modo a não ingerir demasiado mercúrio. Comer peixe duas a três vezes por semana é suficiente, especialmente se a sua dieta já contempla bastantes alimentos saudáveis para a pele.
     

    quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

    MULHERES NA VIDA POLÍTICA

    Marlúcia Cândida é uma das primeiras-damas em destaque na revista UMA
       
    22-Fev-2011
    “Tenho vontade de contribuir para o desenvolvimento do Acre”, afirma entrevistada
    reproducao_revista_uma_02.jpg
    A reportagem de Leonardo Valle destaca o trabalho das mulheres que, ao lado dos maridos que comandam o Executivo nos Estados, ajudam a construir políticas públicas de inclusão nas mais diversas áreas do governo
    A revista UMA, publicada pela On Line Editora, traz em sua edição de fevereiro, que já está disponível nas bancas e aos assinantes, várias matérias de comportamento e de saúde e beleza dirigidas ao universo feminino. Em matéria de comportamento, a seção Atitude é dedicada às seis primeiras-damas, escolhidas a dedo e por se destacarem entre as demais por suas ações no âmbito profissional e social e que poderão influenciar positivamente no desempenho do governo.

    Das seis primeiras-damas escolhidas pela editoria, uma delas é Marlúcia Cândida, do Acre. A reportagem de Leonardo Valle destaca o trabalho dessas mulheres que, ao lado dos maridos que comandam o Executivo nos Estados, ajudam a construir políticas públicas de inclusão nas mais diversas áreas do governo.

    Formada em arquitetura na Belas-Artes de São Paulo, com pós-graduação na Federal do Acre e mestrado na Universidade de Brasília, Marlúcia falou para reportagem desde os sonhos de infância, carreira profissional e sobre como divide hoje a função de coordenadora do curso de arquitetura da Uninorte com o trabalho de ser mãe e primeira-dama do Acre.

    “Vendo como funciona a máquina do Estado, creio que não exista mais a figura da primeira-dama como antigamente. O que existe é uma vontade pessoal de contribuir frente a essa oportunidade. E isso eu tenho”, afirma. 

    Leia abaixo a reportagem na íntegra:

    Durante a infância, Marlúcia Cândida de Oliveira Neves tinha sonhos pouco comuns para uma menina de Rio Branco, capital do Acre: queria ser astronauta e piloto de avião. Os objetivos de vida mudaram quando descobriu a arquitetura, profissão pela qual se apaixonou e decidiu abraçar. De lá pra cá, Marlúcia acumula graduação na Belas Artes de São Paulo, pós-graduação na Federal do Acre e mestrado na Universidade de Brasília. Sua formação mais do que exemplar garantiu ainda um convite para coordenar o curso de Arquitetura da Uninorte, papel que divide hoje com as funções de mãe e primeira-dama do Acre. “Enquanto conversamos, tenho seis estudantes aguardando para eu avaliar seus projetos de conclusão de curso”, conta animada. “Ser arquiteta e professora é gratificante. Viver a universidade é como estar o tempo todo em um ambiente de criação”, confessa.

    Ao contrário das mulheres de políticos inseridas na vida pública, Marlúcia é reservada e afirma só participar da carreira do marido, o governador Tião Viana (PT), em questões pontuais. Inexperiente no cargo de primeira-dama (Tião até então havia exercido cargo apenas no Legislativo), a arquiteta confessa que não sabe o que esperar dos próximos quatro anos. “Vendo como funciona a máquina do Estado, creio que não exista mais a figura da primeira-dama como antigamente. O que existe é uma vontade pessoal de contribuir frente a esta oportunidade. E isso eu tenho”, analisa a acadêmica, que tem seus planos o desenvolvimento de programas voltados para creches e de incentivo à cultura. “Penso também que minha formação pode ajudar em alguns aspectos, como o zelo pelos bens públicos e pela vida das pessoas”, acrescenta.

    O casamento com Tião Viana completa 23 anos em 2001, porém a primeira-dama conta que já  conhecia o marido de vista desde a infância. “Mas ele já era adolescente na época e não lembra muito de mim não”, brinca a arquiteta. O reencontro se deu anos mais tarde, quando Marlúcia levava uma amiga atropelada ao hospital e se deparou com um então estudante de medicina, a quem define como “sonhador”. “Foi apaixonante conhecer melhor uma pessoa que tem desejo de transformações não apenas pessoais, mas do seu entorno do seu Estado. Foi um sonho que quis para mim também”, enfatiza.

    A rotina de médico e depois de político fez o casal desenvolver metodologias próprias para preservar a relação. “A medicina nos ensinou uma coisa boa: evitar falar de trabalho à noite, quando os dois já chegam consumidos pelo cansaço. Problemas devem ser discutidos durante o dia, quando ainda dá tempo de resolvê-los”, justifica Marlúcia, que não esconde o fato de incomodar-se com as fofocas que surgiram após a entrada do marido na vida pública. “No mais, sempre digo que o melhor remédio para um problema é a oração e chá caseiro. E é dessa forma que ajudo o Tião no dia a dia, rezando e dando apoio sempre que ele precisa”.


    FONTE: AGÊNCIA DE NOTÍCIAS DO ACRE

    ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL DEIXA O CABELO COMO VOCÊ SEMPRE SONHOU

    Alimentação Saudável deixa o cabelo como você sempre sonhou
    Saúde & Lazer   
    17-Fev-2011
    O cabelo sempre foi uma das maiores preocupações femininas desde os tempos de Cleópatra, que utilizava diferentes penteados e tonalidades. Qualquer novidade no segmento capilar vira uma “febre” visto que, mundialmente as mulheres querem algo milagroso.
    Quem tem fios lisos querem enrolados, outras querem as madeixas iguais das orientais, poderia ser loira, ruiva e para a alegria dos profissionais do ramo, os salões vivem cheios. Mas, o que todas as mulheres querem são fios vitalizados.

    “No entanto, não adianta somente fazer regularmente hidratações com máscaras capilares porque uma das causas da desnutrição do cabelo é a má alimentação. Sendo assim, o importante é aliar o uso de bons produtos com alimentos ricos em zinco, selênio, ferro, vitaminas C e complexo B”, afirma a nutricionista Rita de Cássia Leite Novais, da Consultoria Alimentar.

    Rita de Cássia comenta que a anemia e o hipotireoidismo fazem com que os fios fiquem sem força, se tornam secos, quebradiços e caem. “Uma alimentação inadequada em nutrientes contribui para o enfraquecimento do bulbo capilar. A dieta deve ser rica em proteínas de alto valor biológico (carne, peixe, ovos, iogurte desnatado, verduras, frutas, sementes oleaginosas, grãos e cereais integrais)”.
    Veja as dicas que a nutricionista Rita de Cássia Leite Novais dá sobre as fontes dos minerais e das vitaminas de que os cabelos precisam para ter saúde:
    Vitamina C => presente em frutas cítricas e tomate, é um antioxidante importante para o organismo, melhora a irrigação sanguínea e com isso estimula o crescimento dos fios;
    Vitamina A => controla a produção de sebo no couro cabeludo e está presente em alimentos como óleo de fígado de peixe, espinafre, cenoura, gema de ovo, vegetais amarelos ou verde-escuros, melão e pêssego, cenoura, mamão, abóbora e acelga.
    Vitaminas do complexo B => auxiliam na renovação celular e no crescimento saudável dos fios estando presentes nas carnes magras, peixes, frutos do mar, leite, vegetais folhosos, legumes, grãos e nozes, cereais (arroz integral, aveia, trigo), ovos, semente de girassol, ervilhas, repolho e agrião.
    Zinco, Cobre, Ferro, Iodo , Selênio=> ajudam no fortalecimento e crescimento dos cabelos e encontrados principalmente em: carnes vermelhas e brancas, fígado, frutos do mar, gérmen de trigo, cereais integrais, peixes de água salgada, dentre outros.
    Vitamina F =>a carência de vitamina F (ácidos graxos essenciais) Omega 6 e Omega 9 causa uma desorganização no processo de queratinização do couro cabeludo, estimulando o aparecimento da caspa. Estão presentes no abacate, azeite, sementes de linhaça, sementes oleaginosas e peixes gordos, como salmão, atum, sardinha etc.
    Cálcio => faz com que o cabelo fique frágil e quebradiço.  Estão presentes nos óleos vegetais (amendoim, linhaça, girassol), amêndoas e abacate, algas, leite e derivados, agrião, salsa, beterraba, brócolis, couve vegetais verde-escuros.
    Biotina => altera o ciclo de crescimento do cabelo, aumentando a duração da fase da queda natural dos fios. Suas fontes são carnes, gema de ovos, leite, peixes e nozes

    Sobre a nutricionista Rita de Cássia Leite NovaisA nutricionista Rita de Cássia Leite Novais é especializada em Nutrição Clínica e Vigilância Sanitária de Alimentos, pelo Ganep e USP, respectivamente. Sócia proprietária da Clínica Consultoria Alimentar, a nutricionista atua nas áreas clínica - com avaliação e orientação nutricional personalizada de acordo com a patologia, com produção de alimentos na área industrial e comercial – gerenciamento, supervisão, desenvolvimento de produtos e qualidade, consultoria em escolas e faculdades e Auditoria Interna ISO 22000.



    FONTE: JORNAL SAÚDE E LAZER

    segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

    ALIMENTAÇÃO E PROTEÇÃO DA PELE

    Alimentação e proteção da pele

    20 de fevereiro de 2011 por Joana Lucyk Deixe um comentário »
    Fonte:www.gettyimages.com.br
    A pele, constituinte do sistema tegumentar, é um dos indicadores mais evidentes do envelhecimento biológico e cronológico e a exposição solar contribui consideravelmente para este processo.
    A exposição solar, mesmo que involuntária, muitas vezes é inevitável e, portanto, é necessário proteger a pele para evitar problemas como foto-envelhecimento e a foto-imunossupressão – deficiência do sistema imunitário causado por irradiações.
    Para entender quão grande é a necessidade de proteção, é preciso saber que as radiações UVA e UVB estimulam a produção de radicais livres e, em excesso, a radiação pode destruir camadas da pele, favorecendo queimaduras e envelhecimento precoce e, nos casos mais extremos, o câncer da pele. Portanto, o uso de protetor solar é mais que indicado.
    Outro ponto que deve ser levado em consideração é a alimentação. Ela influencia na saúde da pele, principalmente quando rica em antioxidantes. Isso porque já foi comprovada a ação benéfica de diversas substâncias, dentre as quais se destacam os carotenoides, que diminuem a sensibilidade da pele às queimaduras solares. O carotenoide com ação mais expressiva é o betacaroteno, que pode ser encontrado nos vegetais em tons alaranjados e nos verdes escuros. Outro carotenóide que merece atenção é o licopeno, presente em vegetais vermelho-alaranjados e em frutas como goiaba vermelha, melancia, mamão, pitanga e tomate.
    A Vitamina A também é importante. Ela está envolvida na multiplicação das células epiteliais, formadoras da pele. É encontrada apenas em alimentos de origem animal, como ovos e leite. Já as Vitaminas C e E são essenciais na proteção da pele, pois possuem intensa atividade antioxidante e, com isso, atuam com importante ação na varredura dos radicais livres.
    Boas fontes de vitamina C são as frutas cítricas e os vegetais frescos em geral. Quanto à Vitamina E, pode ser encontrada em oleaginosas, como castanhas e nozes, e nos óleos vegetais – azeite e óleo de canola. O pycnogenol, extraído da casca do pinheiro Pinus Marítima também pode ser utilizado na prevenção e no tratamento de manchas da pele: ele prolonga a atividade da Vitamina C e da Vitamina E. Nesse caso, sua utilização é feita via suplementação.
    O ácido linoléico, também conhecido como Ômega 06, possui importante ação de hidratação e prevenção de atrofia da pele. Pode ser encontrado nos óleos vegetais e peixes de água fria, como o salmão. O mais importante é saber que, com uma alimentação saudável e equilibrada, além de garantirmos um peso adequado, protegemos a pele contra os efeitos nocivos do sol.

    EXTRAÍDO: SITE: SIGA SUA DIETA

    sábado, 19 de fevereiro de 2011

    PEDALADA DAS MENINAS COMEMORA O DIA INTERNACIONAL DA MULHER

    Pedalada das Meninas comemora o dia Internacional da Mulher

    A Pedalada das Meninas tem como principal objetivo incentivar e motivar mulheres a praticarem mountain bike.

    Foi com essa ideia que um encontro entre amigas começou e foi tomando forma. O evento já caminha para a 7ª edição, se organizando cada vez mais para incentivar o mountain bike. As edições anteriores foram muito bem sucedidas, conquistando as mulheres participantes, seus acompanhantes e empresas parceiras que acreditaram na ideia e ajudaram o evento a acontecer.

    A camiseta da pedalada é uma homenagem às tecelãs que deram origem ao Dia Internacional da Mulher e uma maneira de ilustrar nossa paixão e adesão ao esporte. Quem já participou está de prova: comemorar uma data tão especial pedalando, descobrindo sensações novas, se superando, fazendo novos amigos é muito divertido!
    Data e local do evento

    A Pedalada das Meninas será no dia 13 de março de 2011, na cidade de Itu, interior de SP. O evento acontecerá no Camping Cabreúva, proporcionando assim aos participantes uma infraestrutura a mais de lazer, além de hospedagem, estacionamento e restaurante.
    O roteiro

    O percurso foi criado com o objetivo de mostrar um pouco de cada terreno e sensações que o mountain bike pode proporcionar. Com 26 quilômetros, nosso objetivo é combinar um misto de estradas de terra, asfalto, subidas e descidas, sem muitas dificuldades técnicas, mas garantindo paisagens de grande beleza natural, história regional e um pouco de adrenalina.
    Ação Social

    Repetindo a ação do ano anterior, os participantes inscritos deverão contribuir com 2 litros de leite para a Campanha Solidária do Mais Vida.

    O +Vida - Centro de Apoio ao Portador de Câncer é uma Organização não governamental que realiza atendimentos diversos para as famílias de portadores de neoplasia (câncer).

    A entidade participou das edições 5 e 6 da Pedalada das Meninas com campanhas de conscientização e prevenção do câncer, focando principalmente o câncer de pele que envolve diretamente esportes como o ciclismo devido a exposição prolongada ao sol. Outros temas que envolvem a saúde da mulher também foram abordados com o apoio do Instituto Avon.

    Enfatizando a importância da saúde e bem estar da mulher, este ano o tema escolhido para ser abordado será a Prevenção do Câncer de Mama, hoje a maior causa de morte entre as mulheres no Brasil.
    Para participar

    Basta se inscrever através do site até 09 de março.

    As vagas são limitadas e a participação masculina só é permitida se acompanhado de uma mulher.

    É fundamental ter um pouco de preparo físico e bicicleta adequada à prática do mountain bike, pois o percurso exige tanto da pessoa quanto do equipamento.

    É obrigatório o uso de capacete e recomendado o uso de luvas e óculos.
    Cada participante inscrita receberá no dia da pedalada um "kit das meninas" com a camiseta oficial do evento e outras surpresas.

    Todos os participantes inscritos terão direito a day use com café da manhã inclusos no pacote. O camping oferece infraestrutura completa de restaurantes, estacionamento, piscinas, lagos, cascatas, playground, trilhas, entre outras atrações.

    Todas as participantes inscritas concorrerão ao sorteio de brindes diversos oferecidos pelos apoiadores, entre eles uma bicicleta TREK / WSD e componentes oferecidos pela Shimano Latin America.

    Mais informações no site da Pedalada das Meninas

    Postado por: Péricles em 16/02/2011
    |Fonte: site  PEDALADA DAS MENINAS 
     

    sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

    CABELO DE GRÁVIDA -RECRIE SEU CABELO


    Fotos: Getty Images

    Cabelo de grávida

    A tradição popular diz que as gestantes não podem tingir os cabelos de maneira alguma. Já a classe médica tem suas dúvidas e o assunto gera muitas controvérsias. O resultado disso? As maiores interessadas, ou seja, as mulheres grávidas, ficam sem saber como agir. Para tentar resolver este problema, convocamos a dermatologista Gisele Barbosa – da Faculdade de Medicina da USP. Além de opinar sobre a questão das tinturas, ela esclarece outros pontos primordiais para as futuras mamães quando o assunto é tratamento capilar.

    “Trata-se de um assunto muito controverso, que gera discussões entre dermatologistas e obstetras ou mesmo entre os próprios colegas da mesma especialidade. Cada um terá uma ou outra conduta um pouco diferente em alguns casos. Mas em uma coisa todos concordam e é o que eu digo para minhas pacientes: na dúvida, é melhor a certeza! Se não usar, não correrá risco”, diz a especialista.

    As incertezas sobre os efeitos das tintas em gestantes vêm da própria falta de estudos. “Como médicos temos esse cuidado maior, pois os testes de segurança dos cosméticos, por razões óbvias, não são feitos em gestantes. Portanto, com poucos estudos nessa área, fica muito difícil ter certeza absoluta que esses cosméticos capilares não vão ser maléficos em maior ou menor grau”, comenta Gisele.

    A médica lembra que nos três primeiros meses de gravidez os riscos podem ser ainda maiores. “No primeiro trimestre de gestação, o bebê está formando as estruturas mais importantes do corpo e, portanto, estará ainda mais suscetível. Assim, nesses primeiros três meses de gravidez, qualquer tipo de clareamento, tintura (principalmente as mais antigas) ou reflexo estão fora de cogitação. A razão é que o couro cabeludo por ser muito vascularizado pode absorver muitas substâncias como os metais pesados (chumbo), amônia, benzeno, formol, entre outras e então, estando na corrente sanguínea da mãe poderia chegar até o bebê”, explica.

    Para as mamães que não abrem mão de colorir as madeixas, nem tudo está perdido. Em alguns casos, as luzes e reflexos são liberados. Mas apenas a partir do quarto mês. “O que alguns dermatologistas liberam por ser menos arriscado após esses três ou quatro primeiros meses, período em que as chances de más-formações diminuem são os reflexos e mechas. Mas eles devem ser realizados longe da raiz e com o couro cabeludo protegido por aquela touca furadinha, protegendo contra o contato direto com os produtos químicos”, comenta a doutora Gisele. Por outro lado, ela ressalta que os tonalizantes e a até mesmo a henna – considerada natural – não devem ser utilizados. O primeiro entra em contato com o couro e a henna pode conter outras substâncias capazes de causar dermatites de contato.

    Em se tratando de escovas progressivas e alisamentos, o veto é total. “Há um consenso entre os dermatologistas e os obstetras que as escovas progressivas e os alisamentos, ou mesmo os relaxamentos e hidratações que contenham formol (mesmo que teoricamente dentro da porcentagem permitida pela ANVISA) são realmente proibidos”, fala Gisele, que lista a seguir uma série de recomendações para as futuras mamães.

    - Se nunca usou tinta, não comece na gestação;
    - Se quer retocar a cor, que seja após o primeiro trimestre;
    - Prefira os produtos que não entrem em contato com o couro cabeludo, assim diminuem os riscos de terem substâncias que serão absorvidas;
    - Faça a prova de reação alérgica (prova do toque) mesmo nos produtos que já estava acostumada a usar antes da gestação;
    - Não estar com lesões ou coceiras no couro cabeludo;
    - Escovas progressivas, alisamentos, relaxamentos e hidratações que contenham formol, independente da porcentagem, estão proibidos;
    - Procure produtos de qualidade e profissionais experientes;
    - Respeite os intervalos recomendados entre uma tintura e outra;
    - Tudo que fizer, comunique seu obstetra.
            FONTE: TERRA: ESPECIAL CABELOS - CABELO DE GRÁVIDA 

    quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

    A TODAS AS MULHERES

    A todas as mulheres - Martha Medeiros
    Que driblam a vida para entregar o melhor de si em tudo que fazem...
    "Eu não sirvo de exemplo para nada, mas, se você quer saber se isso é possível, me ofereço como piloto de testes.
    Sou a Miss Imperfeita, muito prazer.
    Uma imperfeita que faz tudo o que precisa fazer, como boa profissional, mãe e mulher que também sou: trabalho todos os dias, ganho minha grana, vou ao supermercado três vezes por semana, decido o cardápio das refeições, levo os filhos no colégio e busco, almoço com eles, estudo com eles, telefono para minha mãe todas as noites, procuro minhas amigas, namoro, viajo, vou ao cinema, pago minhas contas, respondo a toneladas de e-mails, faço revisões no dentista, mamografia, caminho meia hora diariamente, compro flores para casa, providencio os consertos domésticos, participo de eventos e reuniões ligados à minha profissão e ainda faço escova toda semana - e as unhas!
    E, entre uma coisa e outra, leio livros.
    Portanto, sou ocupada, mas não uma workaholic.
    Por mais disciplinada e responsável que eu seja, aprendi duas coisinhas que operam milagres.
    Primeiro: a dizer NÃO.
    Segundo: a não sentir um pingo de culpa por dizer NÃO. Culpa por nada, aliás.
    Existe a Coca Zero, o Fome Zero, o Recruta Zero. Pois inclua na sua lista a Culpa Zero.
    Quando você nasceu, nenhum profeta adentrou a sala da maternidade e lhe apontou o dedo dizendo que a partir daquele momento você seria modelo para os outros.
    Seu pai e sua mãe, acredite, não tiveram essa expectativa: tudo o que desejaram é que você não chorasse muito durante as madrugadas e mamasse direitinho.
    Você não é Nossa Senhora. Você é, humildemente, uma mulher. E, se não aprender a delegar, a priorizar e a se divertir, bye-bye vida interessante. Porque vida interessante não é ter a agenda lotada, não é ser sempre politicamente correta, não é topar qualquer projeto por dinheiro, não é atender a todos e criar para si a falsa impressão de ser indispensável.
    É ter tempo.
    Tempo para fazer nada.
    Tempo para fazer tudo.
    Tempo para dançar sozinha na sala.
    Tempo para bisbilhotar uma loja de discos.
    Tempo para sumir dois dias com seu amor. Três dias. Cinco dias!
    Tempo para uma massagem.
    Tempo para ver a novela.
    Tempo para receber aquela sua amiga que é consultora de produtos de beleza.
    Tempo para fazer um trabalho voluntário.
    Tempo para procurar um abajur novo para seu quarto.
    Tempo para conhecer outras pessoas.
    Voltar a estudar.
    Para engravidar.
    Tempo para escrever um livro que você nem sabe se um dia será editado.
    Tempo, principalmente, para descobrir que você pode ser perfeitamente organizada e profissional sem deixar de existir.
    Porque nossa existência não é contabilizada por um relógio de ponto ou pela quantidade de memorandos virtuais que atolam nossa caixa postal.
    Existir, a que será que se destina?
    Destina-se a ter o tempo a favor, e não contra.
    A mulher moderna anda muito antiga.
    Acredita que, se não for super, se não for mega, se não for uma executiva ISO 9000, não será bem avaliada.
    Está tentando provar não-sei-o-quê para não-sei-quem.
    Precisa respeitar o mosaico de si mesma, privilegiar cada pedacinho de si.
    Se o trabalho é um pedação de sua vida, ótimo!
    Nada é mais elegante, charmoso e inteligente do que ser independente.
    Mulher que se sustenta fica muito mais sexy e muito mais livre para ir e vir.
    Desde que lembre de separar alguns bons momentos da semana para usufruir essa independência, senão é escravidão, a mesma que nos mantinha trancafiadas em casa, espiando a vida pela janela.
    Desacelerar tem um custo.
    Talvez seja preciso esquecer a bolsa Prada, o hotel decorado pelo Philippe Starck e o batom da M.A.C.
    Mas, se você precisa vender a alma ao diabo para ter tudo isso, francamente, está precisando rever seus valores.
    E descobrir que uma bolsa de palha, uma pousadinha rústica à beira-mar e o rosto lavado (ok, esqueça o rosto lavado) podem ser prazeres cinco estrelas e nos dar uma nova perspectiva sobre o que é, afinal, uma vida interessante.
     
    Por Martha Medeiros - jornalista e escritora, é colunista do jornal Zero Hora (Porto Alegre/RS) e de O Globo (Rio de Janeiro/RJ).

    Extraído do site: docelimão.

    terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

    Queda de cabelo feminino causas

    Queda de cabelo feminino causas




    Queda de cabelo feminino causas
    Se a queda de cabelo já é um assunto que incomoda aos homens, imaginem o que esse mal não faz conosco, pois o cabelo faz parte fundamental da vaidade feminina e, portanto atinge diretamente a nossa auto-estima. Os cuidados com a aparência não devem ser restringidos apenas aos momentos de festas e encontros, mas deve ser mantido dia a dia, devemos dedicar tempo e cuidado a todas as partes do nosso corpo, incluindo os cabelos.
    A queda de cabelo se dá pelos mais variados motivos, uma delas são as consequências de alterações no folículo piloso, essas alterações são resultados das mais variadas mudanças que fazemos no cabelo, como mudança na cor, alterações na estrutura, consistência, aspecto. Mas antes de sair desesperada comprando todo tipo de produto anti queda, entenda quando ela é considerada preocupante.
    Cair uma quantidade de cabelos todos os dias é considerado normal, perdemos diariamente de 50 a 100 fios, sendo substituídos por outros que nascem os cabelos também possuem ciclo de vida que é dividida em três fases: crescimento, repouso e queda. No couro cabeludo 90% dos fios se encontram em crescimento, a fase de repouso dura em média dois a três meses que são os 10% restantes, então começam a cair alguns fios devido à fase final de queda. Os cabelos crescem em média 1 cm por mês, e conforme envelhecemos esse crescimento será mais lento. Até aqui um processo considerado normal, quando então a queda de cabelos é considerada uma doença que requer cuidados?
    Fique atenta a essas características: quando notar perda excessiva dos fios na escova ou no pente, durante a lavagem dos fios principalmente durante a aplicação do xampu, quando perceber que a queda está se dando de forma generalizada e afetando todo o couro cabeludo.
    Vários outros fatores também podem contribuir para a queda de cabelos tais como: desequilíbrios hormonais como a hipo e hipertireoidismo, fatores hereditários, doenças como diabetes, infecções, anemia, regimes alimentares, uso de antibióticos, cigarros, por isso é de suma importância que se consulte um médico dermatologista que é o profissional especializado em alterações na pele e no cabelo, pois para cada patologia existem diversas características, portanto requer investigação médica para que se possa chegar a um diagnóstico e iniciar um tratamento adequado. Muitas vezes em conjunto a esse tratamento dermatológico serão necessárias consultas com endocrinologista e ginecologista, a fim de que se elimine qualquer possibilidade de outras doenças.
    Para combater a queda dos fios uma alimentação saudável e equilibrada é fundamental, pois a falta ou excesso de vitaminas interferem diretamente no crescimento ou na queda. Cuidado com o estresse elevado, pois é considerado outro fator recordista na queda de cabelos, junto com ele estão à ansiedade, nervosismo e preocupações.
    Para tratar da queda, uma vez diagnosticada como patologia, existem tratamentos a laser capazes de estimular o crescimento do cabelo novamente.
    Fique atenta aos produtos químicos utilizados nos salões e caso use o cabelo sempre preso alterne o penteado vez ou outra, para deixar os fios mais livres. Com esses cuidados você garante um cabelo sempre lindo e livre de quedas preocupantes.

    Fonte: extraído do mulhersexofragil (http://www.mulhersexofragil.com.br/)










    segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

    COMO ESTÁ O MERCADO DE TRABALHO PARA A MULHER MADURA?

    Mulher e trabalho - Como está o mercado de trabalho para a mulher madura?
    Mulher madura e trabalhoAndrea Franco - andrea.franco@plenamulher.com.br
    A mulher madura, muito além de formação e conhecimento, tem experiência e disponibilidade para o trabalho.
    Especialistas afirmam que, a partir dos 40 anos, a mulher pode sim, além de voltar a estudar, mudar de profissão, começar um novo trabalho, uma carreira profissional. Mas nós sabemos das dificuldades que a mulher a partir dessa faixa etária, ou mesmo antes, enfrenta no mercado de trabalho.
    Então, qual é a realidade? Como está o mercado de trabalho para a mulher madura?
    Especialistas em Recursos Humanos observam que quando se diz que a mulher a partir dos 40 anos pode redirecionar a sua carreira e buscar novas especializações, está-se referindo ao alto índice de mulheres que estão ativas no mercado de trabalho e nessa faixa etária estão galgando cargos executivos. Ainda de acordo com esses especialistas, o Brasil ficou durante muitos anos colocando a idade como um impedimento na ascensão profissional ou na entrada na empresa. Essa cultura errônea ainda persiste em algumas organizações. Excluem-se verdadeiros potenciais por imaginar que a idade poderá ser um empecilho à qualificação, o que não é verdade.
    Há pesquisas que sinalizam o crescimento do número de mulheres em níveis intermediários de gerência e que sugere uma tendência, nos próximos oito a dez anos, de tê-las como presidentes e diretoras estratégicas nas organizações. Os profissionais de Recursos Humanos revelam que a permanência no mercado de trabalho não está atrelada à idade, e sim à competência e à superação ao se preparar para aquilo que o mundo corporativo vem exigindo.
    A interatividade com o mundo corporativo é fundamental para entendermos a sua dinâmica e nos preparar para ele. A questão não é mudar de profissão, uma vez que as organizações, com exceção de profissões muito específicas, não estão preocupadas com os cursos das pessoas, mas com o seu background, as habilidades adquiridas, a sua garra e a iniciativa de se adaptar a este mundo mutante e que induz a um preparo e desenvolvimento de novas competências.
    Aos 44 anos, a consultora Jorgete Leite Lemos resolveu seguir carreira solo como consultora organizacional e teve que ampliar o seu campo de trabalho. Sua área era gestão do social nas empresas e na consultoria, e, por uma questão de mercado, ela precisou se preparar e se colocar como consultora organizacional em gestão de pessoas (RH), com ênfase em responsabilidade social. Hoje, aos 63 anos, Jorgete está no auge da sua renovação e produção intelectual. Ela diz que se lhe perguntassem sobre o que ela estaria fazendo hoje, há duas décadas, ela confessa que “por melhor que fossem os cenários formulados, não conseguiria vislumbrar a realidade atual, tal qual ela me está sendo apresentada.”
    E como está o mercado hoje, para a mulher madura? Jorgete Lemos diz que primeiramente é necessário segmentar esse mercado e a área de atuação: se gestão, administração, técnica ou operacional; se em serviços, indústria, comércio e etc. A consultora identifica como segmentos favoráveis à mulher que se aproxima ou ultrapassa a faixa dos 40 anos:
    Moda e beleza: em função da qualidade de vida, tecnologia aplicada à saúde e conseqüentes quebras de paradigmas de beleza e longevidade.
    Ensino: a aproximação entre as gerações e compreensão de que o confronto entre geração X e geração Y, por exemplo, é puro desperdício, havendo a síntese de conhecimentos como conseqüência e respeito entre o novo e o mais experiente.
    Gestão e Administração: Cada vez mais a presença feminina em postos de decisão nas organizações é outra evidência do resultado da qualificação dessa força de trabalho antes relegada ás funções subalternas, no século passado. Destaque especial para as áreas de comunicação, marketing, serviço social, psicologia, pedagogia, direito e medicina, em suas diversas especializações.
    “Evoluímos constantemente e a direção dessa evolução é tão individual! Fica o registro para que as mulheres que estão hoje com 40 anos saibam que: o tempo passa rápido... E nós somos as responsáveis pelo curso da nossa história. Por isso, concluo que a vantagem para nós, mulheres com mais de 40 anos é a nossa perseverança, o ânimo. A desvantagem é a falta de autoconfiança, o desânimo”, diz Jorgete Lemos, consultora organizacional e diretora executiva da Jorgete Lemos Consultoria.
    Extraído do Blog: PLENA MULHER

    sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

    TEORIA DOS FIOS DE OURO &TERAPIA DO ELOGIO

    Teoria dos Fios de Ouro & Terapia do Elogio
    A Teoria dos Fios de Ouro
    Humberto Maturana é um biólogo chileno que fala e escreve muito sobre como somos resultado de nossas emoções e relações. Ele tem uma teoria sobre como viver em estado de graça e evitar a depressão ou aquela solidão de isolamento e abandono.
    Chamo essa sua teoria dos Fios de Ouro e explico assim: cada vez que faço um vínculo, por estar absolutamente verdadeira e presente, com flores, cores, lua, céu, mar, animais, cristais, artes, pessoas, amigos, conversas, livros, palavras, expressões, risos, choros, abraços, mãos dadas, olhares etc., cada vez que me emociono com estes momentos de troca, de relação; Maturana afirma que se formou, em cada um destes contatos verdadeiramente percebidos e vividos, um Fio de Ouro que me liga àquela flor, quadro, sorriso, lágrima, lua, filho ou amigo.
    Assim, toda vez que me acontecer algo que possa me roubar energia, me jogar no chão, como numa solidão depressiva ou ansiedade doentia, todos aqueles fios de ouro não me deixarão cair ou caída por muito tempo.
    E, quanto mais Fios de Ouro vou cronstruindo pela vida, mais difícil será cair e me sentir sozinha. Mais fácil e rapidamente me recupero daquele desafio e sigo encontrando situações para me manter alerta e tecendo novos Fios de Ouro, fortalendo minha malha de sustentação ao amor e estado de graça.
    E, quanto mais ligada à vida estou por estes Fios de Ouro, mais vontade tenho de rir, abraçar e elogiar!
    Então, vejamos o que o psicólogo Arthur Nogueira tem a nos falar sobre sua Terapia do Elogio:
    Renomados terapeutas que trabalham com famílias, divulgaram uma recente pesquisa onde nota-se que os membros das famílias brasileiras estão cada vez mais frios, não existe mais carinho, não valorizam mais as qualidades, só se ouvem críticas. As pessoas estão cada vez mais intolerantes e se desgastam valorizando os defeitos dos outros. Por isso, os relacionamentos de hoje não duram.
    A ausência de elogio está cada vez mais presente nas famílias de média e alta renda. Não vemos mais homens elogiando suas mulheres ou vice-versa, não vemos chefes elogiando o trabalho de seus subordinados, não vemos mais pais e filhos se elogiando, amigos etc.
    Só vemos pessoas distantes do seu coração valorizando artistas, cantores, fofocas, pessoas que usam a imagem para ganhar dinheiro e que, por conseqüência são pessoas que tem a obrigação de cuidar do corpo, do rosto, da imagem e só.
    Essa ausência de elogio tem afetado muito as famílias, a todos. A falta de diálogo em seus lares, o excesso de orgulho ou percepção impede que as pessoas digam o que sentem e levam essa carência para dentro dos consultórios. Acabam com seus casamentos, acabam procurando em outras pessoas o que não conseguem dentro de casa.
    Vamos começar a valorizar nossas famílias, amigos, alunos, subordinados.
    Vamos elogiar o bom profissional, a boa atitude, a ética, a beleza de nossos parceiros ou nossas parceiras, o comportamento de nossos filhos.
    Vamos observar o que as pessoas gostam. O bom profissional gosta de ser reconhecido, o bom filho gosta de ser reconhecido, o bom pai ou a boa mãe gostam de ser reconhecidos, o bom amigo, a boa dona de casa, a mulher que se cuida, o homem que se cuida, enfim vivemos numa sociedade em que um precisa do outro, é impossível um homem viver sozinho, e os elogios são a motivação na vida de qualquer pessoa.
    Quantas pessoas você poderá fazer feliz hoje elogiando de alguma forma?
    Pense nisso!
    Extraído do site : Doce Limão, de Conceição Trucom