segunda-feira, 30 de abril de 2012

DICAS DE MAQUIAGEM

Maquiagem rejuvenescedora para noite

O beauty hair Emerson Sander ensina como passar maquiagem em mulheres que querem parecer mais jovens. Confira!
1° passo: Passar base que contenha lifting

2° passar: Usar corretivo que contenha lifting

3° passo: Passar o pó-compacto

4° passo: Usar sombra opaca

5° passo: Passar sombra iluminadora

6° passo: Passar o delineador

7° passo: Passar máscara para cílios

8° passo: Fazer contorno da boca e passar o batom

9° passo: Usar blush de tom neutro


FONTE:http:// www.minhavida.com.br

sábado, 28 de abril de 2012

AMANHÃ É O DIA NACIONAL DO COMBATE AO CÂNCER DE MAMA

29 DE ABRIL
DIA NACIONAL DO COMBATE AO CÂNCER DE MAMA




Procurar consulta médica para avaliar a sua saúde, nunca é demais, pelo contrário, isso é sinônimo de responsabilidade e amor à vida. A mulher precisa estar ciente sobre a mamografia, pois esse exame previne o câncer de mama. Ame-se e cuide-se.
 

sexta-feira, 27 de abril de 2012

GULOSEIMAS SAUDÁVEIS

As guloseimas que são amigas da dieta saudável.
Saiba quais são as alternativas que podem saciar a fome sem comprometer a alimentação balanceada.
Fonte: Thinkstock
Durante a manhã ou no meio da tarde, é comum sentirmos aquela fominha, não é mesmo? O intervalo das principais refeições é um momento importante e que não deve passar em branco. Afinal, a recomendação dos especialistas para uma dieta saudável é que devemos nos alimentar a cada três ou quatro horas.
No entanto, isso não significa que devemos ingerir qualquer alimento. É preciso escolher os lanchinhos do dia com consciência para não termos problemas com a balança mais tarde. Por esse motivo, as melhores opções são aquelas que satisfazem a vontade de comer, saciam o apetite e ainda fornecem os nutrientes necessários para o organismo.
Para saber quais são as melhores opções de guloseimas e outros alimentos que podem fazer parte da sua alimentação sem riscos, o TodaEla conversou com Priscila Di Ciero, nutricionista especialista em Nutrição Esportiva Funcional, que deixou dicas de como escolher as melhores opções sem comprometer a dieta.
Pipoca
Fonte: Thinkstock
Quando bater aquela vontade de saborear algum alimento salgado, a pipoca pode ser uma ótima saída. O alimento é rico em fibras, possui poucas calorias e é fonte de polifenóis – antioxidantes importantes para o organismo. Uma pesquisa recente comprovou os benefícios dos grãos, que têm o poder de proteger as células relacionadas com doenças do coração e alguns tipos de câncer. Mas vale o alerta da nutricionista Priscila Di Ciero: prefira consumir a pipoca feita na panela em vez das versões de micro-ondas. Para isso, utilize uma pequena quantidade de óleo ou manteiga ou opte pelas panelas que dispensam o uso de qualquer tipo de gordura na hora do preparo.
Chocolate amargo
Fonte: Thinkstock
A vontade de comer doces é praticamente incontrolável para boa parte das mulheres. Mas é possível saciar o desejo sem comprometer o restante da sua alimentação. Para isso, tenha sempre à mão um pedacinho de chocolate amargo. Com uma grande quantidade de cacau, pesquisas já revelaram que a versão amarga do alimento pode trazer muitos benefícios para o organismo. A presença de antioxidantes contribui para a redução do stress e a diminuição da pressão sanguínea, além de estimular a saciedade e prevenir doenças cardíacas. A nutricionista ressalta que o chocolate pode ser amargo ou meio amargo, mas é preciso consumi-lo em quantidades moderadas. Portanto, nada de descontar a vontade em uma barra inteira! Para contar com os benefícios, é preciso saborear apenas alguns pedacinhos.
Barras de cereais
Fonte: Thinkstock
Uma opção saudável e saborosa para um lanche intermediário é a barra de cereais. Melhor do que os alimentos totalmente industrializados, as barrinhas possuem grãos integrais que ajudam a saciar e ainda contém fibras. Consulte as tabelas nutricionais presentes nas embalagens e escolha os produtos que apresentam um maior teor de fibras e pequenas quantidades de gordura. Para aqueles que treinam pesado, a nutricionista Priscila Di Ciero recomenda a ingestão de barras de proteínas, que possuem grandes quantidades de um dos nutrientes indispensáveis para o organismo.
Mix de grãos
Fonte: Thinkstock
Por conterem altas quantidades de antioxidantes e serem fontes de gorduras do bem, Priscila Di Ciero recomenda um mix de castanhas acompanhado de um pequeno pedaço de fruta. Segundo ela, a combinação de grãos e frutas colabora para o reequilíbrio do organismo, auxilia na queima eficiente de gorduras e nutre as células, trazendo mais disposição. Além disso, os grãos podem ser facilmente encontrados em pequenas porções que podem ser carregadas na bolsa e estar sempre à mão quando você sentir fome. Aproveite as várias opções e combine os benefícios de castanhas, amendoins, amêndoas e frutas secas.
Sucos de frutas
Fonte: Thinkstock
Os sucos de frutas são uma alternativa para quem não consegue ingerir a fruta in natura. Embora a bebida agregue uma quantidade maior de frutose e perca parte das fibras presentes na fruta natural, ainda constituem uma boa opção para driblar a vontade de ingerir refrigerantes, milk-shakes ou outras bebidas calóricas e ricas em gorduras. Pesquisas recentes mostram que as frutas vermelhas possuem diversas substâncias que agem como antioxidantes, anti-inflamatórios e antidegenerativos no organismo, portanto, aposte nos sucos dessas frutas. A recomendação da nutricionista Priscila Di Ciero é que a bebida seja ingerida com muita cautela e que não seja utilizada para substituir o consumo de água.
Iogurte com cereal
Fonte: Thinkstock
Uma excelente fonte de cálcio, o iogurte é outro alimento que já demonstrou sua eficácia em pesquisas científicas. Uma delas reporta que o consumo regular do alimento tem a capacidade de reduzir até 50% da quantidade de gordura corporal. Pricila Di Ciero recomenda a ingestão do iogurte com uma porção de cereal integral, como a quinua, em um lanche intermediário para aliar os benefícios dos dois alimentos.
. . . . .
Além de tudo isso, sempre vale lembrar que é preciso manter a prática regular de exercícios físicos alinhada com a sua dieta e uma boa nutrição. Para desfrutar dos benefícios de uma alimentação balanceada, é fundamental contar com a ajuda e orientação de um nutricionista, que indicará as melhores opções para uma vida saudável e muito saborosa.






quinta-feira, 26 de abril de 2012

NOVE SUCOS NATURAIS QUE FAVORECEM A SAÚDE E A BELEZA

Nove sucos que deixam o corpo mais saudável

Eles protegem contra o câncer, cansaço e falta de memória



Gostosos, refrescantes e vitaminados. Eles são a opção mais saudável para manter o corpo hidratado e em forma. Mas é importante ressaltar que não adianta nada tomar sucos de caixinha o aqueles que vêm em pó. Os verdadeiros amigos da saúde são os naturais ou de polpa.

"Sozinhos, os sucos não previnem doenças, mas quem tem uma alimentação balanceada, pratica atividades físicas e também consome a bebida das frutas pode favorecer a saúde", explica a nutricionista Carla Fiorillo, da Unifesp. A seguir, você confere as nove bebidas campeãs em blindar o organismo:

  
suco de romã - Foto Getty Images

Suco de romã
A romã possui uma série de propriedades que ajudam a baixar os níveis de colesterol ruim, o LDL, em nosso sangue. "Os antioxidantes presentes nessa fruta também dissolvem as placas de gordura que se formam nas paredes da artéria, diminuindo assim as chances de derrames e infartos", diz Carla Fiorillo.

Como ela ainda não é muito fácil de encontrar, e o preço não é dos mais baixos, existem algumas frutas, com as mesmas propriedades, que são ótimas substitutas pois tem efeito parecido no organismo. Uma delas é a melancia, que também é enriquecida com fibras, vitaminas A e C, além do complexo B.

A romã pode ainda trazer benefícios à saúde masculina. De acordo com um estudo feito pela Universidade da Califórnia, ela possui um coquetel de substâncias químicas que parecem barrar a evolução do câncer de próstata e, potencialmente, matar as células cancerígenas.
Suco de maçã
Por ser rico em acetilcolina, esse suco tão popular pode ajudar a manter a saúde do cérebro em dia. Essa substância é responsável para a manutenção da memória e de funções cognitivas. "Vários estudos recentes mostram que a maçã é uma fruta que previne o Mal de Alzheimer, já que os níveis baixos de acetilcolina estão ligados ao desenvolvimento dessa doença", diz Carla Fiorillo.

Outra propriedade importante da maçã é a quantidade de fibras que ela possui. Em sua casca podemos encontrar fibras insolúveis, que ajudam no processo de digestão. Já em sua polpa são encontradas fibras solúveis, que é mais rapidamente absorvida pelo organismo e facilita o transporte de nutrientes para as células.
Suco de açaí
Um dos mais famosos alimentos do verão, o açaí normalmente é consumido em forma de creme, e não de suco. "O açaí é, em geral, incrementado com acompanhantas, como frutas e granola, tornando essa mistura muito calórica", diz Carla Fiorillo. Mas em forma de suco, a fruta torna-se mais saudável, sem perder os nutrientes, como antioxidantes, vitaminas que fazem da fruta um aliado contra vários tipos de câncer.

Um estudo feito pela Universidade do Texas, nos Estados Unidos, mostrou que beber suco de açaí diariamente pode ajudar a prevenir o desenvolvimento e a disseminação de células cancerígenas, já que ele possui antioxidantes que impedem a ação de radicais livres em nosso organismo.
Suco de laranja
Ele está entre os mais consumidos pelos brasileiros. "O suco da laranja contém um antioxidante chamado hesperidina, que melhora a função dos vasos sanguíneos, ajudando a reduzir o risco de doença cardíaca", explica a nutricionista. De acordo com pesquisa realizada nos Estados Unidos, homens que beberam 500 mililitros de suco de laranja por dia, apresentaram pressão arterial mais baixa do que aqueles que tomaram um suplemento antioxidante.

O suco é bem vindo para prevenir a formação de cálculos renais. Isso porque, os suplementos de citrato, substância encontrada em sucos cítricos, como o de laranja, limão e tangerina, podem ajudar a retardar a formação de pedras nos rins.

A
vitamina C, nutriente que ajuda o sistema imunológico, também é encontrada em grande quantidade na laranja, tornando-a uma das frutas mais importantes na prevenção de gripes, resfriados, fraquezas e infecções.

Para tirar melhor proveito de todos esses benefícios, o mais interessante é consumir o suco fresco, logo após ele ter sido preparado. "Os antioxidantes da laranja são os fotossensíveis, e perdem sua ação depois que ficam expostos à luz. Por isso, quanto antes você tomar o suco, mais efeito ele terá em seu organismo", explica Carla Fiorillo.
Suco de uva roxa
O famoso efeito benéfico que consumir um copo de vinho tinto traz para a saúde também pode ser aplicado ao suco de uva. "Assim como o vinho, o suco de uva roxa contém polifenois e atoxinas, poderosos antioxidantes que controlam o colesterol e protegem o coração e todo o sistema circulatório", diz Carla Fiorillo.

Um estudo realizado por psiquiatras da Universidade de Cincinnati descobriu que consumir um copo diário de suco de uva melhorou a memória dos pacientes significativamente em comparação com os que não tomaram nenhum tipo de substância graças aos polifenois contidos nas uvas.
Suco de abacaxi
Este suco está entre os mais refrescantes da lista, principalmente se for adicionado a ele algumas folhas de hortelã. O fruto contém enzima bromelina, que ajuda o organismo a digerir proteínas e regula o funcionamento do intestino. Outra característica importante da bromelina encontrada no abacaxi é sua ação anti-inflamatória e anticoagulante.

Mas os benefícios que a fruta traz não param por aí. Estudos feitos pela Universidade do Texas dizem que comer abacaxi ou tomar o suco protege os ossos da osteoporose, pois a fruta é rica em manganês, um mineral que fortalece os ossos.
Suco de cereja
Estudos recentes da Universidade de Northumbria, no Reino Unido, têm mostrado que os corredores que beberam suco das cerejas duas vezes por dia durante cinco dias antes de correr na Maratona de Londres, obtiveram uma recuperação muito mais rápida e não sofreram tanto com dores musculares. "A cereja tem grandes quantidades de potássio, fibras e vitamina C, nutrientes importantes para o corpo, e que podem acelerar o processo de recuperação muscular", diz a nutricionista Carla Fiorillo.

Além disso, a pesquisa ainda sugere que o suco de cereja pode ajudar a aliviar as dores de quem sofre de gota, por ajudar o organismo a excretar o ácido úrico, grande causador dos incômodos característicos da doença.
Suco de tomate
O consumo de suco de tomate não é tão comum, mas os benefícios que ele pode trazer são muitos. Assim como o tomate na salada, o suco dessa fruta traz grandes quantidades de licopeno - antioxidante que previne contra câncer de próstata e de mama-, vitaminas A e complexo B, fósforo, potássio, cálcio e magnésio, que assumem papel importante na formação dos ossos e combatem a osteoporose, além de ácido fólico e frutose.
Água de coco 
A água de coco é rica em potássio, fósforo e outros sais minerais essenciais para que o corpo continue hidratado como um todo. Essa hidratação serve tanto para evitar problemas como cãibras, dores de cabeça, desmaios e para deixar a pele mais hidratada e protegida do sol. A flora intestinal também agradece o consumo da água de coco. Os sais minerais que ela possui ajudam na digestão, agindo contra o intestino preso.

A água de coco não é tão calórica quanto se imagina. De acordo com a nutricionista Lucinete Regina de Souza, o verdadeiro perigo está no próprio fruto. "O que tem mais calorias é a polpa da fruta, sendo que um pedaço pequeno ( 15 gramas ) dela tem 99 kcal, e 200ml da bebida tem 40 kcal", afirma Lucinete.

No entanto, algumas pessoas precisam tomar cuidado com seu consumo. "as pessoas com diabetes ou outro tipo de restrição devem consumir sob orientação de um profissional", ressalta.


FONTE: http:// www.minhavida.com.br

quarta-feira, 25 de abril de 2012

VOCÊ SABE O QUE É HIPOGLICEMIA?

Hipoglicemia funcional pode ser diagnosticada com mais clareza

Alguns sintomas como sudorese, tremor e desmaios podem denunciar o problema

A hipoglicemia funcional é causa de muitos sintomas e problemas, muitas vezes confundindo diagnósticos. Atualmente ela é extremamente frequente, principalmente devido aos hábitos alimentares modernos.

Mas afinal, o que é hipoglicemia? É a queda da concentração de
açúcar (chamada glicose) no sangue. Curiosamente ocorre justamente pela ingestão exagerada do próprio açúcar. Não é a ingestão isolada que provoca a hipoglicemia, mas aquela que é frequente e constante.

Por que o excesso de açúcar provoca sua queda no sangue? Geralmente é difícil explicar isso para as pessoas, pois logicamente comendo mais deveríamos ter mais. Ocorre que ao comermos frequentemente e em grande quantidade, o açúcar acaba provocando uma produção de
insulina maior do que o normal.
"Hipoglicemia é a queda da concentração de açúcar no sangue"
A insulina é um hormônio produzido no pâncreas, que por sua vez não tem a função de queimá-la, como muitos pensam, mas sim de fazer com que a substância entre nas células do corpo, para fornecer a energia necessária ao seu funcionamento.

Todos os tipos de açúcar provocam hipoglicemia? Não. Os que estimulam demasiadamente o pâncreas são aqueles chamados de simples, os carboidratos ou açúcares simples. Eles são absorvidos rapidamente no aparelho digestivo e estimulam intensamente a produção de insulina, que por sua vez introduz muito açúcar nas células, provocando a queda da glicose no sangue (a hipoglicemia).

Exemplos de carboidratos desse tipo são todos os tipos de açúcar (mascavo, cristal, refinado), doces, todas as farinhas brancas e seus derivados (pão, bolos, pizza e outros), arroz branco, frutas como o abacaxi, a melancia, e a banana, batata, mandioca e outros.
Os sintomas da hipoglicemia são vários e podem confundir o diagnóstico. O cérebro precisa constantemente estar utilizando a glicose para funcionar e quando sente sua falta provoca uma série de sintomas, como sudorese, tonturas, tremores nas mãos, fome, sensação de morte, pânico, angústia, depressão, taquicardia, confusão mental e até desmaios.

A falta de diagnóstico da causa desses quadros leva muitas vezes o paciente a vários especialistas, tais como cardiologistas, psiquiatras, neurologistas, e outros que acabam por receitar vários remédios. No entanto, fazer o diagnóstico laboratorial e fornecer uma orientação alimentar resolve o problema.



FONTE:http:// www.minhavida.com.br

terça-feira, 24 de abril de 2012

ASSUNTO SÉRIO: HIPERTENSÃO!

HIPERTENSÃO ARTERIAL

Dia 26,  quinta-feira, é o Dia Nacional de Combate à Hipertensão. 

10 maneiras de evitar e controlar a pressão alta

Dê mais atenção ao que você come, as suas emoções e pratique mais esportes

A hipertensão arterial ou, simplesmente, pressão alta é gatilho certo para uma série de males -- e não só aqueles que envolvem o sistema circulatório. "Normalmente, um paciente com pressão igual ou superior a 140/90mmHg é diagnosticado como hipertenso. São pessoas mais sujeitas a sofrer com falhas no coração, nos rins e até no cérebro" explica o cardiologista Enéas Rocco.

A doença é crônica (não tem cura, mas pode ser controlada) e, por isso, é importante fazer exames regulares para detectar como andam seus batimentos cardíacos. Mas atenção: ter pressão alta não é sinônimo de ser hipertenso.

"Para ser considerado hipertenso, o paciente tem de permanecer com a pressão mais alta do que o normal" , diz o médico. Isso porque, momentaneamente, qualquer pessoa está sujeita a uma variação na freqüência cardíaca. Um esforço físico mais intenso ou momentos de estresse, por exemplo, alteram esses números.

Algumas atitudes, no entanto, ajudam não só a prevenir o problema como controlam níveis já elevados de pressão. Confira a seguir uma lista delas e imprima uma marca saudável ao seu dia a dia.

1. Manutenção do peso ideal- o sobrepeso aumenta dificulta o esforço do coração para conseguir bombear o sangue. Na prática, o músculo é exigido demais. "Como o bíceps de quem levanta peso, o coração de uma pessoa obesa acaba hipertrofiado" , explica o cardiologista. Com um risco: as lesões causadas pelo esforço excessivo podem se tornar irrecuperáveis.

2. Prática de atividade física atividades físicas regulares, principalmente as aeróbias, contribuem para a melhora de todo o sistema circulatório e pulmonar. Só tome cuidado com os exageros: antes de começar qualquer treino, procure um especialista e faça uma avaliação geral.

3. Redução de sal - o excesso de sal na dieta leva à retenção de líquidos, acarretando a hipertensão. Por isso, maneire na hora de temperar a comida e diminua o consumo de enlatados e alimentos em conserva.


4. Evitar bebidas alcoólicas: O álcool em grande quantidade é inimigo feroz da pressão sob controle. Corte as bebidas da sua dieta ou consuma com muita moderação.

5. Dieta saudável: Gorduras saudáveis e pouco sal são medidas indispensáveis na dieta de quem quer manter o coração saudável. Inclua ainda muitas frutas, verduras e legumes. Cortar a carne não é preciso, mas dê preferência aos cortes magros como filé mignon e músculo.

6. Medicamentos: se o médico recomendou, não deixe de tomar. Mas nada de sair por aí imitando a receita alheia. Vale lembrar que alguns medicamentos podem elevar a pressão, como os antiiflamatórios e anticoncepcionais, ressalta o cardiologista.

7. Cigarro: o tabaco, em conjunto às outras substâncias tóxicas do cigarro, eleva a pressão imediatamente além de comprometer toda sua saúde. Parar de fumar imediatamente é fundamental , alerta o professor de Cardiologia da Santa Casa de São Paulo, Ronaldo Rosa.

domingo, 22 de abril de 2012

APROVEITE A MUDANÇA DE TEMPERATURA E:

Alcance as metas da dieta com a ajuda dos chás

Estas ervas fazem mágica queimando gordura e cortando o apetite


 
Espantar o frio com uma boa xícara de chá é uma delícia, que fica melhor ainda quando este chá ajuda na dieta. E, se você está pensando apenas na economia de calorias, segure o queixo: há muitos outros benefícios que as ervas podem oferecer ao seu emagrecimento. "As infusões ajudam na digestão, aceleram o metabolismo, combatem o inchaço e até cortam o apetite quando ele perde o limite", afirma o consultor farmacêutico Kali Rafael Nardino, da Divine Shen. Abaixo, você encontra uma série de sugestões que ajudam a vencer os principais obstáculos durante a fase de perda de peso. O especialista ainda conta tudo sobre as propriedades do chá Oolong, uma poderosa receita chinesa que oxida as gorduras e faz o seu metabolismo agir na velocidade de um raio.
 mulher medindo a cintura com uma fita métrica - Foto Getty Images


Inchaço
O problema mascara o resultado de muitas dietas. A calça jeans não fecha, as formas não aparecem definidas e você acha que todo o seu esforço não está valendo a pena. O acúmulo de líquidos no organismo pode ser causado por vários fatores, como excesso de sal na alimentação ou uso de alguns medicamentos, como corticoides e anti-inflamatórios.

O cabelo de milho (Zea mays) é um eficiente diurético, porque ajuda a regular as funções dos rins e da bexiga e combate o, principalmente, o inchaço nas pernas. "O ideal é tomar de 2 a 3 xícaras de chá ao dia, em infusão, ou 1 xícara pequena no final do dia", diz o farmacêutico. Ele também recomenda doses de chás verde e chá preto, que também têm propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias.
Apetite voraz
Erva-doce, carqueja, espinheira-santa, chapéu-de-couro, jurubeba, abacateiro, cavalinha e bugre cortam a fome fora de hora, segundo o especialista. "Mas precisamos levar em conta a qualidade da matéria-prima, o que é determinada principalmente pela forma de cultivo, procedência, processamento e armazenagem", diz o farmacêutico, que também recomenda o consumo de chá branco. "Ele ajuda a desinchar, desintoxicar e acelerar o metabolismo, facilitando a queima de gordura. A vantagem é que faz tudo isso de maneira mais intensa e com sabor bem suave", afirma.

Ansiedade
Várias infusões podem ser utilizadas como calmantes naturais, agindo no sistema nervoso central, baixando a ansiedade (sintoma que costuma desencadear a compulsão à comida). O especialista recomenda camomila (Matricaria chamomile), alecrim (Rosmarinus officinalis), melissa (Melissa officinalis), hortelã (Mentha piperita), capim-limão (Cymbopogon citratus), jasmim (Jasminum officinalis) e anis (Pimpinella anisum). "Mas não misture muitas plantas se você não conhece bem as ervas e não sabe quais serão os efeitos em seu organismo", afirma.

Digestão
Algumas plantas com ações digestivas podem auxiliar no funcionamento do intestino, assim, de certa forma também acabam contribuindo para manter uma barriga lisinha. Outras ervas contêm substâncias que atuam no fígado, ajudando a quebrar a gordura em moléculas menores. "Na lista das plantas conhecidas como digestivas estão o hibisco (Hibiscus sabdariffa), psilium (Plantago psyllium), a cáscara-sagrada (Rhamnus purshiana), a zedoária (Curcuma zedoaria) e fucus (Fucus vesiculosus)", indica Kali Rafael.

Além das plantas listadas, outro velho conhecido é o boldo (Peumus boldus Molina) que também é chamado popularmente como boldo-do-chile. Suas folhas são usadas na medicina popular para tratamento de problemas digestivos e hepáticos. "Mesmo sendo muito difundido entre a população, alguns estudos toxicológicos sugerem que o chá de boldo deve ser consumido com moderação e cuidado, além de ser proibido na gravidez porque ameaça a saúde do bebê", diz o farmacêutico.

Queima de gordura
O chá branco e o chá verde são excelentes aliados para queima de gordura. Os dois são extraídos da Camellia sinensis, mas em épocas diferentes. Para produzir chá branco, são coletadas as folhas mais jovens, antes de entrarem no processo de oxidação natural. Nessa fase, quando ainda estão cobertas por uma penugem esbranquiçada (daí o nome chá branco), concentram catequinas e polifenóis substâncias altamente antioxidantes e termogênicas (capazes de acelerar o ritmo do metabolismo).
Oolong, o chá que oxida as gorduras
A cafeína é uma das substâncias estimulantes mais consumidas em todo o mundo, sendo encontrada em chás, café, cacau, guaraná, chocolate e nos refrigerantes. Ela pode acelerar o metabolismo, mas somente alguns tipos de chá possuem propriedades que vão além do efeito isolado da cafeína, pois apresentam componentes fenólicos que podem auxiliar no equilíbrio do organismo com ações anti-oxidantes e desintoxicantes, entre outras. No Japão, estudos feitos com chá do tipo oolong, rico em cafeína e catequina-polifenóis, mostraram aumento no gasto metabólico de 24 horas e aumento da oxidação de gorduras.



FONTE: http:// www.minhavida.com.br

 

O DIA DAS MÃES ESTÁ CHEGANDO...

Mimos para todo tipo de mãe

Programe as compras do Dia das Mães com sugestões que cabem no bolso

Rio - Segunda data mais importante para o comércio, o Dia das Mães promete marcar o reaquecimento da economia brasileira. Com crédito farto, empréstimo a juros mais baixo e IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) reduzido para móveis e eletrodomésticos da linha branca, a expectativa é de lojas cheias nas próximas semanas. Para fugir do corre corre das compras, O DIA preparou um guia de sugestões que se encaixam em todos os bolsos e estilos de mãe.
Caseira, digital, vaidosa, executiva ou casual. Seja em grandes redes de varejo ou na Saara, é possível encontrar opções com preços a partir de R$ 3.Para surpreender sua mãe, sem ser surpreendido com a conta no fim do mês, a dica é planejar as compras, comparar preços e juros.
“As taxas mais baixas vão favorecer o consumo e reduzir a inadimplência. Mas é sempre bom lembrar que o planejamento é a palavra-chave. O consumidor deve ficar atento se o parcelamento não vai comprometer o orçamento e, no caso de empréstimos, é preciso pesquisar o banco que oferece as melhores taxas e prazos”, orienta o economista da Fecomércio, Paulo Padilha.
Foto: Arte: O Dia
 
Outra dica é a pesquisa na Internet. Comprando com antecedência, o consumidor pode garantir preços melhores em lojas virtuais sem correr o risco do presente não chegar a tempo. “Assim como no Natal, é bom ter uma margem de segurança. Se o site diz que entrega em quatro dias úteis, soma-se a isso o tempo que vai demorar a aprovação do cartão de crédito. Logo, compre sempre pensando numa margem de oito dias”,diz Felipe Cunha, da EVO.AG, consultoria digital.
Dicas
Para evitar a saga pelos melhores preços em lojas lotadas, o consumidor pode iniciar a pesquisa de forma rápida pela Internet. Por meio do www.shopbot.com.br, é possível encontrar sugestões para todo os bolsos e perfis de mães. O comparativo de preços oferece mais de 400 lojas que apresentam o maior número de consumidores na véspera do Dia das Mãe. Lá você pode pesquisar opções de produtos das linhas de Saúde e Beleza, Casa e Decoração, Eletrônicos, Roupas e Acessórios.

Já para quem quer dar um presente de Dia das Mães diferente a dica é investir em passeios e programas familiares. Através do site de compras coletivas Clubinho de Ofertas, crianças e adultos podem garantir um dia especial repleto de atividades culturais. O portal é voltado para pais com filhos de 0 a 12 anos. Para receber as ofertas, basta entrar no site (www.clubinhodeofertas.com.br) e se cadastrar para ser avisado por e-mail. O Clubinho de Ofertas está nas cidades do Rio e de Niterói.


FONTE:http:// www.odia.ig.com.br

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Seu corpo fala: saiba como!

O corpo fala: desejo por certos alimentos pode ser falta de nutrientes




Na TPM, a mulher tem mais necessidade de comer chocolate e doces por uma queda da setoronina. Foto: Getty Images
Na TPM, a mulher tem mais necessidade de comer chocolate e doces por uma queda da setoronina
Foto: Getty Images
 

Thaís Sabino
No meio da tarde surge aquela vontade de comer um brigadeiro, ou de repente você imagina um pedaço suculento de carne vermelha, coberta com molho e queijo. Pensamento de gordinho? Talvez não. A falta de determinados nutrientes no organismo pode ser sinalizada pela vontade de comer determinados alimentos, para se obter o equilíbrio nutricional, explicou a professora do curso de Nutrição do Centro Universitário Senac, Tatiane de Oliveira.
"Sempre que fazemos algum tipo de dieta restritiva, ou ficamos muito tempo sem comer, acabamos exagerando quando presentes em um local com grande disponibilidade de alimentos, como uma pizzaria ou churrascaria", exemplificou a professora. A nutricionista Roberta Silva esclareceu que estes sinais acontecem quando a pessoa não tem uma alimentação balanceada e deixa faltar alguns grupos alimentares.
Longos períodos sem se alimentar, excesso de atividade física, dieta pobre em vitaminas e minerais, hipoglicemia e outros fatores podem causar a deficiência em nutrientes. Uma observação das nutricionistas entrevistadas pelo Terra é a vontade de comer chocolate durante a TPM. "As mulheres sofrem alterações hormonais, como a queda da serotonina, hormônio relacionado ao bem estar. O chocolate pode elevar os níveis deste hormônio, pois contém triptofano que é o precursor na produção de serotonina em nosso organismo", justificou Tatiane.
Para evitar abusar no doce, devorar um sanduíche hipercalórico ou exagerar em um rodízio de pizza, basta estar com o organismo balanceado, de acordo com Roberta. "É preciso consumir alimentos de todos os grupos, Com o tempo, a pessoa para de sentir vontade de comer doces e comidas gordurosas, ela se acostuma a uma alimentação saudável", disse Roberta. Legumes, verduras, cereais, carboidratos, vitaminas, minerais e proteínas não podem faltar.
A professora de Nutrição da faculdade Anhembi Morumbi, Fernanda Correa, disse que os alimentos "fast" costumam ter menos vitaminas e nutrientes e mais gordura. "Observo que as pessoas ingerem poucos alimentos fontes de cálcio, muita fonte de lipídios, gordura e carboidratos. O mais comum são dietas hipercalóricas", afirmou. Segundo a professora, a pessoa fica obesa, mas pode ter anemia, deficiência de ferro e outros nutrientes.
Veja a seguir qual substância está faltando no organismo, de acordo com a vontade de comer certos alimentos.
Chocolate na TPM: De acordo com a nutricionista Roberta Silva, a vontade de comer chocolate pode ter relação com uma queda de serotonina, por conta das alterações hormonais. O chocolate é fonte de triptofano, que estimula a produção da substância do bem estar. "Nessa situação, as pessoas podem optar por um chocolate meio amargo com pelo menos 50% de cacau, pois além de conter o triptofano, possui outros benefícios", sugeriu a professora Tatiane.
Doces em geral: Pode ser deficiência de triptofano no organismo, que desencadeia ansiedade, depressão e irritação. "Além disso, estudos relatam que períodos longos em jejum induzem uma maior produção de um hormônio chamado grelina e este induz o indivíduo a procurar alimentos de maior densidade energética", disse Tatiane. Segundo ela, a queda de glicose também faz o indivíduo buscar os doces, pois eles têm uma rápida absorção e conseguem aumentar a glicose sanguínea em um curto espaço de tempo. A sugestão é compensar a carência de triptofano com cereais, frutas, verduras e carnes magras. Sorvetes de fruta ou mousse também são opções, disse Roberta.
Comida: Após preencher várias refeições com lanchinhos, surge aquela vontade de comer comida "de verdade": arroz, feijão, salada e uma carne. "Pode ser sinal de que o corpo está sentindo falta de pratos mais elaborados", disse Roberta. De acordo com Tatiane, os lanches, na maioria das vezes, são à base de carboidratos simples. "Têm rápida digestão e, principalmente devido ao baixo conteúdo de fibras, induz a fome mais precocemente. Indiretamente acontece a procura por uma refeição completa", explicou Tatiane.
Pizza: A vontade de comer pizzas e massas pode estar relacionada com redução de glicose séria, disse Tatiane. Outro problema pode ser a queda no triptofano e consequência deficiência de serotonina e desequilíbrios nos níveis de insulina. Para não ganhar quilos extras devorando uma pizza inteira, reponha os nutrientes com pães integrais, biscoitos, arroz e cereais.
Queijo: O desejo por comer queijo ou alimentos recheados com ele, pode significar a falta de cálcio no organismo. De acordo com Roberta, um adulto precisa de 1200mg de cálcio por dia, que equivale a: um copo de leite desnatado, 1 fatia de queijo minas fresco, 200 ml de iogurte, quatro colheres de espinafre cozido e duas colheres de sopa de couve refogada.
Hambúrguer e fritas: "Nem sempre a vontade de comer determinado alimento está relacionada a uma deficiência, pode ser apenas uma vontade mais caracterizada com a gula, ou vontade emocional, do que com a fome fisiológica", disse Tatiane. O estresse e longos períodos sem se alimentar podem causar este desejo. A sugestão da professora é fazer de quatro a seis refeições diárias, para manter o organismo equilibrado.
Leite: A vontade de tomar leite pode estar relacionada à deficiência de cálcio, nutriente essencial para a formação dos ossos e dentes, segundo Tatiane. O consumo de leites e derivados de forma equilibrada ajuda a suprir a falta.
Tomate: De acordo com a nutricionista Roberta, sentir desejo em comer tomates, pode ser um sinal do cérebro de que está faltando potássio no organismo. A banana é uma fruta que auxilia na reposição da substância.
Frutas cítricas: "Pode significar a deficiência de vitamina C", disse Tatiane. As pessoas também costumam ingerir frutas ácidas após refeições pesadas, pois elas ajudam na digestão e são refrescantes, informou a professora Fernanda. De acordo com Roberta, o abacaxi tem bromelina, que ajuda na digestão da proteína, por isso é bastante consumido em churrascarias.
Café:A vontade de tomar café pode indicar a queda da dopamina, um neurotransmissor da motivação. A pessoa começa a ficar cansada e toma café, pois a cafeína ajuda a estimular o sistema nervoso central, disse a nutricionista Roberta.
Água: Desejo por tomar muita água, na maioria das vezes, é um sinal de desidratação, segundo Tatiane. O calor intenso, baixo consumo de líquidos ao longo do dia e o consumo de comidas salgadas podem causar a sede. "Uma pessoa que pratica exercícios intensos,perde sais minerais e água. Quando termina, precisa beber sucos, água e repositores. É o corpo sinalizando para repor o que perdeu nos exercícios", exemplificou Roberta. A sede exagerada por ser um sintoma de problema glicêmico. O ideal é consumir de 1,5 a 2 litros de água por dia.
Frutas em geral: "A vontade de comer frutas pode sinalizar a redução de diversas vitaminas e minerais no nosso organismo", disse Tatiane. Além da queda de carboidrato ou glicemia e até mesmo a desidratação, completou. O ideal é o consumo de quatro a cinco frutas variadas por dia, pois isso irá contribuir para a adequação da ingestão de vitaminas, minerais, água e fibras.
Carne vermelha: De acordo com Roberta, as carnes são fonte de ferro, quando uma pessoa faz dieta restritiva ao alimento, o cérebro pode pedir por esta substância e induzir o desejo pelo consumo de carne. A falta de ferro pode causar anemia.
Feijão: Feijão também é uma importante fonte de Ferro, portanto, a necessidade de consumo dos grãos pode sinalizar a deficiência do mineral, segundo Tatiane.
As entrevistadas pelo Terra disseram que não existe e uma regra para a relação entre o desejo por alimentos e a falta de substâncias no organismo. No entanto, os sintomas citados na reportagem são observados no dia-a-dia das profissionais. A professora de Nutrição, Fernanda Correa, afirmou que é necessário um exame de sangue ou exame de história dietética - que analisa o balanceamento alimentar do indivíduo - antes de diagnosticar a subnutrição. "Tomar suplementes sem indicação médica por causar intoxicação, cada substância em excesso tem um efeito colateral", concluiu.


terça-feira, 17 de abril de 2012

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL PARA A SAÚDE CARDÍACA

Comer para a saúde do coração - 9 super alimentos para o coração


Talvez a medida mais simples para garantir a saúde do coração seja também uma das mais eficazes, a escolha dos alimentos que irão compor o cardápio.

Estudos mostram que 70% das doenças cardíacas podem ser evitadas com boa alimentação, então escolhemos 9 alimentos que não podem faltar no cardápio de quem quer ter o coração forte e saudável.

1. Laranja

A laranja é rica em um tipo de fibra solúvel, a pectina. Essa fibra reduz a absorção do colesterol ingerido na dieta e diminui seu acumulo nas veias e artérias.
Também é boa fonte de potássio, mineral importante no controle da pressão arterial.

2. Couve

A couve é rica em antioxidantes, vitaminas A e E além de magnésio e fibras. Esses antioxidantes diminuem a oxidação da gordura e a formação de placas de colesterol. O magnésio melhora a elasticidade das artérias e consequentemente a circulação ajudando no controle da pressão arterial.

3. Alho

O alho tem potente ação no controle da pressão arterial. Pesquisas mostram que o alho inibe uma enzima chamada angiotensina que tem papel vasoconstrictor. Com essa enzima inibida os vasos são mais relaxados e o sangue circula melhor.
As cápsulas de óleo de alho também tem esse efeito.

4. Vinho tinto e Suco de uva
As uvas escuras são ricas em polifenois que melhoram a elasticidade dos vasos e ajudam e diminuir a formação de placas de colesterol. Estudos mostram que o consumo de 200ml ao dia tem relação inversa com doenças do coração.
5. Chocolate amargo ou cacau
O cacau é rico em flavonoides, antioxidantes que diminuem a formação de placas de colesterol ao mesmo tempo que melhoram a flexibilidade dos vasos. Assim seu consumo está relacionado a redução da pressão arterial e também a menor risco de infarto.
Use 30g do chocolate amargo ao dia ou use o cacau em pó em bebidas ou frutas.

6. Peixes de água marinha e profunda
O omega 3 presente no salmão, atum ou sardinha são fundamentais para a saúde cardiovascular. Esse tipo de gordura do bem diminui os níveis de triglicérides, aumenta os níveis de HDL e diminui o risco de arritmias. Além de ser anti-inflamatório.
Para os que não comem peixe a chia e a semente de linhaça são boas fontes de omega 3.

7. Lentilhas

Estudos relacionam o consumo de leguminosas, com destaque para a lentilha, e menor risco de doenças cardiovasculares. Isso devido ao alto teor de fibras, mas também de magnésio, potássio e ácido fólico nutrientes relacionados ao controle da pressão arterial.

8. Amêndoas
Amêndoas são fontes de gorduras insaturadas, um tipo de gordura que no fígado não é transformada em colesterol. Também tem fito-esteróis que diminuem a absorção do colesterol da dieta.
Inclua com opção de lanche da manhã ou da tarde.

9. Romã

Pesquisa feita em Israel mostrou que o consumo de suco de romã, devido aos seus antioxidantes não só controlou a formação de placas de colesterol, mas também reduziu o entupimento das artérias. A sugestão de consumo é de 250ml ao dia do suco.

A inclusão desses alimentos na dieta é um primeiro passo para um coração saudável, mas o restante da dieta também deve ser saudável – priorize cereais integrais, óleos vegetais a frio, frutas, verduras e legumes – e não se esqueça de outros bons hábitos como a prática regular de atividade física, não fumar e controlar o stress.

Fonte: Flavia Morais - nutricionista da Rede Mundo Verde

FONTE:http:// www.mundoverde.com.br

segunda-feira, 16 de abril de 2012

VOCÊ SABIA QUE ...

Refrigerante diet pode aumentar risco de infarto e derrame

Probabilidade de sofrer uma dessas doenças aumenta 44% 
Um dos primeiros passos para manter uma alimentação saudável é cortar o excesso de refrigerante do cardápio - e mesmo a versão sem açúcar, que também pode ser perigosa. Um estudo feito pela Universidade de Miami (EUA) descobriu que refrigerantes diet estão ligados a um maior risco de infarto e derrame cerebral.
A pesquisa teve como base os hábitos alimentares de 2.564 adultos com idade média de 69 anos, que foram divididos em dois grupos - os que ingeriam refrigerante diet todos os dias e os que não tomavam a bebida. Após dez anos de análise, 591 homens e mulheres participantes do estudo sofreram um infarto, tiveram um derrame ou morreram por causas cardiovasculares.
Os estudiosos relacionaram os episódios com a frequência com que essas pessoas bebiam refrigerantes do tipo diet e a ligação foi espantosa: a incidência de doenças coronárias entre aqueles que ingeriam refrigerante diariamente era 44% maior do que os que não tomaram. Eles também notaram que quem bebeu refrigerante diet diariamente apresentou maiores riscos de pressão arterial elevada, diabetes e colesterol alto.
Os autores salientam que não há provas conclusivas de que os drinques sem açúcar são os responsáveis pelo quadro, mas sim que há uma associação entre beber muito refrigerante diet e desenvolver uma doença do coração. Em geral, pessoas que costumam beber muito refrigerante também mantêm outros hábitos pouco saudáveis, como excesso de doces e frituras na alimentação.

Consumir refrigerantes durante a dieta atrapalha a perda de peso

Para quem quer perder peso com saúde o importante é selecionar alimentos naturais e com quantidades moderadas de calorias. Neste caso, não há escapatória: os refrigerantes precisam ser riscados de vez da lista de compras ou, pelo menos, devem ser consumidos com muita economia.
Doces, apetitosos e refrescantes, eles costumam estar presentes em qualquer hora do dia. Boa parte das pessoas sabe que beber durante uma refeição, por si só, não ajuda na dieta e na busca pela sensação de saciedade.

Perigo para a dieta

Alimentar-se com bebidas mais calóricas só faz crescer o perigo de aumentar o peso e ingerir líquidos que contêm gás, como os refrigerantes, faz com que o estômago dilate e prejudique a absorção dos nutrientes. A pessoa se sente falsamente saciada, volta a ter fome pouco tempo depois e, pior, acaba extrapolando no consumo de alimentos na refeição seguinte. Infelizmente, os refrigerantes light e diet, que prometem engordar menos, iludem e também não ajudam a perder peso.

Riscos dos refrigerantes para a saúde

A composição dessas bebidas ganha doses a mais de sódio. A substância é inserida na fórmula para ajudar a manter o sabor que se perdeu com a diminuição de açúcar. Por outro lado, quem ingere refrigerantes com muito sódio acaba retendo líquido e comprometendo a saúde - principalmente órgãos como o fígado e os rins que estão diretamente ligados à filtragem do que bebemos, por exemplo. Em comparação com os refrigerantes comuns, os light e diet chegam a ter o dobro ou o triplo da quantidade de sódio.

Substitua ou diminua o consumo

O consumo de refrigerante no plano de emagrecimento só é permitido em doses bem pequenas. Tomar um copo durante um evento ou uma festa não compromete a perda de peso ou todo o trabalho de meses para entrar naqueles jeans mais justinho. Mas esqueça o hábito de tomar mais de um copo diariamente - o que, geralmente, as pessoas costumam fazer. Isso pode, além de engordar, prejudicar sua saúde e potencializar as famosas e odiadas celulites.
Já que é difícil deixar de lado o costume de beber durante as refeições, a dica é abusar dos sucos que ajudem na absorção de nutrientes como o ferro - no caso dos cítricos, como os sucos de laranja e limão. A água, por sua vez, está liberada, já que não engorda e ajuda na hidratação do corpo.
Ao passar pelos corredores do supermercado é fácil se perder entre as diferenças entre light e diet. Para acertar na hora de escolher o que levar para casa é importante saber que os produtos diet, ou dietéticos, são aqueles com pouquíssima quantidade de açúcar, no entanto, nem sempre contém quantidade baixa de calorias.
O mais importante, no caso, é saber que nem sempre os produtos light possuem pouco açúcar - característica fundamental para que os diabéticos possam consumir. Antes de passar pela gôndola do supermercado, vale à pena ler e comparar os rótulos dos diet, light e convencionais para não levar gato por lebre. Se possível, como orientam os nutricionistas, passe com mais frequência pelos corredores de sucos e frutas.



FONTE:http:// www.minhavida.com.br

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Cortes de Cabelos Moda Inverno 2012

atualizado em 05 de abril de 2012 às 15:04
Os cortes de cabelos para o inverno 2012 aposta no comprimento médio a curto trazendo corte modernos adotados por grandes celebridades





O corte de cabelo tem a capacidade de mudar o estilo feminino, deixando as químicas de lado, o corte de cabelos moda inverno 2012 trás bastante novidades no qual a aposta é em comprimentos médio a curto. O estilo de corte Long Bob é um dos queridinhos de grandes celebridades nacionais e internacionais.
Porém antes de optar pelo modelo você deve certificar-se de que os seus cabelos tenham uma aparência saudável e brilhante, o corte ”Bob” varia entre cabelos desestruturados, assimétricos ou simétricos, repicados, com volume e textura, trazendo um resultado super estiloso.

Cortes de Cabelo Moda Inverno 2012

Se você tem cabelo comprido e não quiser cortar radicalmente no estilo Bob curto repicado ou assimétrico, pode cortar na altura dos ombros o chamado Long Bob, esta opção vai te deixar atual sem abrir mão totalmente do comprimento, uma vez que este tipo de corte de cabelo cresce rápido.
O corte bob invertido também é muito usado trazendo um estilo elegante.Peça ao seu cabeleireiro profissional cortar o cabelo na curta volta, perto da nuca, e as laterais devem ser mantidas. Os lados pode ser cortado de uma forma de olhar simétrica ou assimétrica.

Confira abaixo fotos dos cortes de cabelo moda inverno 2012:







FONTE: http:// www.mulherbeleza.com.br

CABELOS : INVERNO 2012

Como todas ja sabem, sempre antecedemos as tendências da próxima estação, sendo que ainda estamos no verão, mas para estarem sempre atualizadas se antecede a moda futura.
O verão logo irá embora, e já pensando nisso não poderíamos de deixar de lhes mostrar a tendência dos Cabelos e das cores que estarão com tudo nesse inverno 2012.
Como nós mulheres estamos sempre ligadas na moda, tanto para roupa, acessórios, maquiagem e muitas outras coisas, o principal sempre é o cabelo, se vai continuar curto, longo ou médio.
Mas sempre na cabeça das mulheres há uma interrogação, qual cor usar? Saiba que nem todas as cores ficam bem para as pessoas, mesmo seguindo as tendência, ha uma regra quanto a cor, se ela não combina com a tonalidade de sua pele, não adianta por que não vai ficar legal para você, ou vai acabar com a cor natural e sua beleza ou te deixar com uma cor palida, e nenhuma mulher quer que isso aconteça não é verdade?

Cabelos Loiros Acinzentados


Cabelos Acobreados


Cabelos Castanhos Claros



Cabelos Castanhos Escuros



O loiro dará passagem aos tons acinzentados que tem muito mais a ver com o inverno, caso queira fazer algumas luzes acinzentada estará super na moda, e para quem tem o cabelo castanho e os tons em vermelho e acobreado também estarão em alta no inverno.




FONTE: http:// www.dicatual.com

Cores de Cabelo Inverno 2012

Cores de Cabelo Inverno 2012

O inverno 2012 já vem dando as caras e com a estação mais fria do ano começa a apresentar suas tendências para a moda inverno 2012, apesar da grande maioria das tendências girarem em torno das cores sóbrias e frias, as cores de cabelo inverno 2012 chegam em tons quentes, e sem duvida a grande sensação da estação são os cabelos vermelhos e ruivos, assim como no inverno passado.

Cores de cabelo inverno 2012 – Tons de vermelho

O vermelho sem duvida está em alta mas existem diferentes tons de vermelho e cabe a você escolher o que mais combina com seu tom de pele e estilo, vamos conhecer um pouco mais sobre os tons de vermelho que vão ser a sensação das cores de cabelo inverno 2012. cores de cabelo inverno 2012 225x300 Cores de Cabelo Inverno 2012

Vermelho amarronzado

Este vermelho tende a ser mais discreto, ideal para mulheres mais tímidas e serias. As meninas com a pele mais clara devem apostar nesta cor pois o contraste que gera fica lindo.

Vermelho intenso

Ideal para mulheres que gostam de liberdade, esta cor é mais indicada para morenas e mulheres com a pele mais rosada.

Vermelho vibrante

A versão mais sedutora de vermelho, o vermelho vibrante é indicado para as mulheres com estilo mais exótico, além disso, mulheres com os olhos e pele claras podem apostar neste tom sem medo.
Esses são os tons que estarão em alta e são forte tendência nas cores de cabelo inverno 2012.




segunda-feira, 9 de abril de 2012

CALÇADOS - MODA OUTONO/ INVERNO 2012

Outono / Inverno 2012: conheça os sapatos que são tendência nesta temporada

Slippers, botas rasteiras e de cano curto, escarpins, entre outros, são as apostas em calçados para o Outono / Inverno 2012
Slippers, botas rasteiras e de cano curto, escarpins, entre outros, são as apostas em calçados para o Outono / Inverno 2012

Paixão da maioria das mulheres, os sapatos vão cobrir de elegância os looks da temporada de Outono / Inverno 2012. Com materiais nobres, eles não passam despercebidos... Seguram qualquer produção e garantem o sucesso até das mais básicas.
Quem adora um brilho pode se preparar para se perder com a vasta oferta de sandálias, sapatos e até botas com gliter. As vitrines vão se cobrir de gliter de diversos tons e garantir um colorido especial para a estação. Em especial, com o dourado.


Lançamento da Via Uno, o sapato reúne duas tendências do Outono / Inverno 2012: a modelagem slipper e o gliter
Lançamento da Via Uno, o sapato reúne duas tendências do Outono / Inverno 2012: a modelagem slipper e o gliter Foto: Divulgação

Na pegada masculina que invade o guarda-roupas feminino, os slippers ganham notoriedade. E prometem sucesso! De todas as cores, estampas e couros, a novidade vem com tudo em marcas para todos os públicos: das baratinhas às mais caras. E a boa notícia é que eles podem renovar as cansadas sapatilhas. Dentro da mesma proposta, mocassins com e sem salto são outras apostas.


Mocassins com e sem salto são alguns dos modelos de calçados desta estação, como o de camurça da Lilly's Closet
Mocassins com e sem salto são alguns dos modelos de calçados desta estação, como o de camurça da Lilly's Closet

As botas são um capítulo a parte. As rasteiras de cano baixo vão compor figurinos com shortinho e vestido curto. As botas de cano superalto retornam e vêm fazer a felicidade das mulheres mais sensuais.


Botas rasteiras são um charme à parte, como esta da Carmim
Botas rasteiras são um charme à parte, como esta da Carmim

Os escarpins de bico fino voltaram, com saltos altos e baixos. Queridinho do público feminino, ele chega também com misturas bicolores e bicos em destaque, além dos modelos tradicionais. A inspiração veio da poderosa Prada, que ganhou versões de seu lançamento mundo afora.


Os escarpins de bico fino voltaram, para a alegria das fãs do modelito. Um luxo o de píton da Via Marte!
Os escarpins de bico fino voltaram, para a alegria das fãs do modelito. Um luxo o de píton da Via Marte!



Campanha da Prada lança tendência mundo afora com escarpim bicolor


Campanha da Prada lança tendência mundo afora com escarpim bicolor
As fãs dos supersaltos também vão se fartar com as novidades. Eles se tornaram o foco de muitas marcas e foram produzidos com desenhos, texturas, mais grossos e com formas sinuosas, que lembram os desfilados no inverno 2011 pela Prada e Miu Miu. Além disso, os tornozelos ficam em evidência com correntes que fecham sandálias, ankle boots, entre outros.


Tornozelos estão em evidência. Se inspire com a sapatilha com tornozeleira da Dumond!
Tornozelos estão em evidência. Se inspire com a sapatilha com tornozeleira da Dumond!

Faça suas apostas e desfile com o luxo aos seus pés!


Leia mais: http://extra.globo.com/mulher/moda/outono-inverno-2012-conheca-os-sapatos-que-sao-tendencia-nesta-temporada-4310745.html#ixzz1radmNCIH

sexta-feira, 6 de abril de 2012

CHOCOLATE ALÉM DE GOSTOSO FAZ BEM!

Conheça sete benefícios do chocolate para a saúde

Além de gostoso, ele pode ser um aliado da dieta e do raciocínio

Bem dosado e do tipo certo, o chocolate pode até ajudar a emagrecer. "O melhor é o amargo, que tem maiores quantidades de cacau e, por isso, mais benefícios", explica a nutróloga Sylvana Braga, especialista em prática ortomolecular, São Paulo. A quantidade não deve ultrapassar 30 gramas por dia - o equivalente a uma barra pequena ou dois bombons. Ao utilizá-lo no preparo de ovos, trufas, bolos e outros doces, é preciso uma atenção maior: além de aumentar o número de gorduras e calorias da sobremesa, o chocolate pode perder os nutrientes quando muito aquecido. Confira a seguir sete motivos para manter essa delícia no cardápio.
Mulher com barra de chocolate - foto: Getty Images
Dá saciedade

O chocolate pode ajudar você a sentir-se mais satisfeito e não exagerar na comida. Uma pesquisa realizada pela Universidade de Chung Hsing, em Taiwan, mostrou que os ácidos fenólicos presentes no cacau podem aumentar a produção do hormônio leptina, que aumenta a sensação de saciedade.
A nutricionista Raquel Maranhão, da Clínica BeSlim, do Rio de Janeiro, lembra que outros fatores podem interferir na produção de leptina, como a menor concentração de insulina que diminui o nível do hormônio. Por isso, não adianta apenas consumir chocolate sem atentar para os outros fatores envolvidos.

Chocolate derretido - foto: Getty Images
Protege contra derrames

Segundo a nutróloga Sylvana, o cacau é rico em antioxidantes que reduzem a inflamação nas artérias e a aderência do colesterol à parede dos vasos, prevenindo a formação de trombos na corrente sanguínea e, consequentemente, o AVC (acidente vascular encefálico). Um estudo realizado pelo Karolinska Institutet, na Suécia, confirma esse benefício. Eles descobriram que as mulheres que comiam aproximadamente duas barras de chocolate por semana - aproximadamente 60 gramas - estavam até 20% mais protegidas contra derrames em comparação com aquelas que nunca comiam o doce.



Bombons - foto: Getty Images
Ajuda a emagrecer

O chocolate pode ajudar a emagrecer - desde que inserido dentro de uma alimentação balanceada. Segundo Sylvana Braga, o doce é rico em cafeína, que acelera o metabolismo e ajuda a queimar calorias, mas é preciso ingerir a versão amarga, com muito cacau. A diminuição do estresse e da ansiedade e o aumento da saciedade também são benefícios que podem contribuir para eliminar mais rápido os quilos extras.
Um estudo realizado pela Universidade da Califórnia (EUA) encontrou resultados parecidos: pessoas saudáveis que praticavam exercícios físicos e comiam chocolate regularmente (duas vezes por semana) tendiam a ter menor
índice de massa corpórea (IMC) do que aquelas que se exercitavam e comiam chocolate com menos frequência.


Chocolate em barra - foto: Getty Images
Melhora o raciocínio

Sylvana Braga explica que a cafeína presente no chocolate pode estimular a memória, a atenção, a concentração e o desempenho mental em geral. Após acompanhar dois grupos na solução de equações, especialistas da Universidade de Northumbria, no Reino Unido, notaram maior agilidade e número de acertos entre as pessoas que consumiram 500mg de flavonoides, substâncias encontradas no chocolate amargo e meio amargo (a versão ao leite também oferece flavonoides, mas em quantidade bem menor).



Chocolate em pedacinhos - foto: Getty Images
Controla o colesterol

A nutricionista Raquel explica que o consumo de chocolate amargo - rico em cacau e flavonoides - pode auxiliar na diminuição do colesterol total e do colesterol LDL (o colesterol ruim). Os antioxidantes diminuem a inflamação e o acúmulo de gordura nos vasos.


Chocolate - foto: Getty Images
Antienvelhecimento

Raquel Maranhão conta que, por ser rico em antioxidantes, vitaminas A e do complexo B, o chocolate ajuda a neutralizar os radicais livres do organismo que, quando elevados, podem provocar danos celulares relacionados ao processo de envelhecimento. É por isso que o doce também é usado em cosméticos com efeito regenerador, antirrugas e antienvelhecimento.




Chocolate em pedaços - foto: Getty Images
Promove bem-estar

Sylvana Braga explica que o chocolate libera endorfinas que melhoram o humor e a ansiedade e ainda combatem a depressão e o desânimo. Além disso, ele fornece energia, melhorando a disposição para as atividades diárias, e concentra outras substâncias, como triptofano, teobromina, feniletilamina, fenilalanina e tirosina, que reforçam a sensação de bem-estar.
Uma pesquisa realizada pelo Centro de Pesquisas Nestlé, em Lausanne, na Suíça, investigou a relação entre o consumo diário de chocolate e o nível do hormônio cortisol, responsável pelo
estresse. Os cientistas observaram que o nível de cortisol baixou consideravelmente em todos os participantes que consumiam o doce, chegando a 40% de redução naqueles que sofriam com a ansiedade.



FONTE:http:// www.minhavida.com.br