terça-feira, 29 de maio de 2012

31 de maio - DIA MUNDIAL DE COMBATE AO TABACO

Descubra as substâncias do cigarro que são nocivas à saúde

Entenda os danos que cada componente do cigarro causa no seu organismo.
A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) proibiu o uso de aditivos como chocolate, menta, canela e frutas em cigarros e derivados de tabaco vendidos no país. As marcas de cigarro com sabor representam 22% das que estão à venda no país. Em vendas, os mentolados respondem por 3% do total.

Para a diretoria da Anvisa, os aditivos aproximam os jovens do vício, fidelizam o consumo, mascaram o gosto ruim, diminuem a tosse, facilitam a tragada e ajudam a produzir dependência. O documento da agência prevê 12 meses para alteração de rótulos e do processo produtivo dos cigarros e outros seis meses para a retirada dos itens do mercado. Cigarrilhas, fumo para narguilés ou qualquer outro tipo de tabaco que use aditivos artificiais também terão a fórmula modificada. Para esses casos, o prazo de ajuste será mais longo, de 18 meses mais seis.

O tabaco é mundialmente conhecido por seus malefícios. Mas, afinal, será que nós temos consciência de todos os malefícios que o cigarro pode causar a nossa saúde? E é por isso que conversamos com especialistas e descobrimos quais os efeitos devastadores que cada uma das principais substâncias do cigarro pode causar no organismo.

Tudo que tem no cigarro faz mal?
Sim, sem qualquer exceção. De acordo com o pneumologista Alberto de Araújo, presidente da comissão de Tabagismo da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia, não existe nenhum componente no cigarro que não seja nocivo a nossa saúde. "Alguns componentes nós sequer conhecemos".
O médico afirma que já foram identificadas mais de 5 mil substâncias na fumaça do tabaco, dentre elas gases e partículas cancerígenas, agrotóxicos usados durante o plantio da folha de tabaco e que são mantidos no processo de ressecamento para a fabricação do cigarro, dentre outros. Antes de mais nada é preciso entender que não existe limite seguro de consumo do tabaco. "Diferente do álcool, ele não pode ser consumido com moderação", afirma Alberto.

Diferente do álcool, o cigarro não pode ser consumido com moderação

A vilã mais popular
Quando se fala sobre cigarro e seus efeitos nocivos, logo pensamos na nicotina. Embora esteja longe de ser a única vilã presente no tabaco, ela é a principal agente causadora do vício.

Os especialistas afirmam que a nicotina consegue fazer em apenas 10 segundos todo o percurso por nosso corpo: ser inalada e absorvida pelo pulmão, entrar em nossa corrente sanguínea e desencadear um impacto cerebral, liberando substâncias que propiciam uma imensa sensação de prazer. "Essa rapidez de impacto cerebral só é comparada com a cocaína", conta Alberto.
cigarro
O vício começa justamente quando a nicotina se liga aos receptores do nosso sistema nervoso, desencadeando a liberação de diversas substâncias, como dopamina, que dão a sensação de prazer, melhoram da memória, deixam a pessoa mai alerta, tiram o apetite, entre outros. Esses sintomas são os que a pneumologista Maria Vera Castellano, membro da Sociedade Paulista de Pneumologia, chama de reforço positivo.

Porém, quando o nível de nicotina no sangue cai, isso mais ou menos umas duas horas depois do primeiro cigarro, a pessoa sente falta desse reforço positivo e tem uma crise de abstinência. Os sintomas relacionados à abstinência, ou reforço negativo, são irritação, nervosismo, dor de estômago, insônia e aumento do apetite.
A nicotina consegue fazer em apenas 10 segundos todo o percurso por nosso corpo. Essa rapidez só é comparada com a cocaína.

"A dependência se dá pela alternação do reforço positivo com o negativo", diz a pneumologista. Quando o fumante sofre uma crise de abstinência, procura fumar outro cigarro para sentir novamente o reforço positivo. E assim se inicia o ciclo vicioso.

As doenças relacionadas à nicotina são: aumento do ritmo cardíaco,
infarto agudo do miocárdio, derrame cerebral, angina, elevação do colesterol ruim (LDL), menopausa precoce, gastrite, úlcera gástrica, enfisema pulmonar, bronquite crônica, doença obstrutiva arterial periférica, tromboangeite obliterante, obstrução progressiva das artérias que pode culminar em amputação, além dos sintomas agudos como irritações nasais, na garganta e nos olhos, tonturas e dor de cabeça.
mulher fumando
Os perigos do alcatrão
Alcatrão é o nome que se dá ao conjunto de substâncias presente no tabaco e que são absorvidas pelo fumante quando ele acende o cigarro. Ele é responsável pelas manchas na pele, nos dentes e dedos do fumante, além de se depositar nos pulmões, deixando-o com uma coloração castanha escura. Segundo a pneumologista Maria Vera Castellano, ele está relacionado diretamente a cânceres no pulmão, bexiga, vias aéreas e brônquios.
Entre os seus compostos são encontrados cerca de 43 substâncias cancerígenas, entre elas:
Benzeno: ele está presente na composição de detergentes e da gasolina, além de ser utilizado como pesticida. "Ao ser inalado, ele é absorvido pelos pulmões, onde provoca danos irreversíveis", diz Alberto. As doenças relacionadas à inalação do benzeno são enfisema pulmonar, asma (até nas crianças e adultos que são vítimas do fumo passivo) e câncer no fígado. "A exposição ao benzeno durante mais de 20 anos pode inclusive provocar leucemia", completa Alberto.
No cigarro também é possível encontrar metais pesados, que são extremamente tóxicos ao nosso organismo.

Polônio: é um elemento radioativo, extremamente prejudicial a nossa saúde. A radiação produzida por esse isótopo, em situações normais, é bloqueada pelas camadas da nossa pele. Porém, quando inalada via fumaça, ela se deposita nas vias aéreas, emitindo radiação às células a sua volta, contaminando-as e causando tumores pulmonares.

Níquel: material usado na produção de aço inoxidável, moedas e pilhas alcalinas. O pneumologista Alberto de Araújo conta que, quando inalado, o níquel deposita-se no fígado, rins, coração, pulmões, ossos e dentes. "Sua inalação provoca alterações no estômago e aumenta as chances de infecções respiratórias e câncer", diz o especialista.
cigarro
Metais Tóxicos
No cigarro também é possível encontrar uma série de metais pesados, que são extremamente tóxicos ao nosso organismo e se depositam principalmente no fígado e rins. "O corpo leva de 10 a 30 anos para conseguir eliminar essas substâncias", diz Alberto. Ele ainda afirma que pessoas com mais de 20 anos de vício podem não conseguir reverter todas as agressões, podendo causar complicações em algum desses órgãos. Dentre os metais pesados presentes no cigarro, os principais são esses:

Arsênio:
ele é usado como pesticida durante o plantio do tabaco e não se perde durante a fabricação do cigarro. Uma vez dentro do corpo, ocasiona lesões no fígado, rins, coração, pulmões, ossos e dentes, onde fica armazenado.

Acetato de chumbo: comum em tinturas de cabelo, o acetato de chumbo afeta principalmente os pulmões e rins. "Quando em grandes quantidades, pode incapacitar ou dificultar a ventilação dos pulmões, gerando falta de ar, enfisema e câncer de pulmão", diz Maria Vera.
fumo passivo
Gases que matam
A fumaça que o fumante libera na atmosfera ao tragar o cigarro também é um veneno, não só para ele como para as pessoas que estão a sua volta e podem inalá-la. Os principais componentes da fumaça do cigarro e os riscos relacionados a eles são:
Monóxido de carbono: poluente muito comum na atmosfera, em ambiente fechado é o principal gás componente da poluição do tabaco. Os especialistas explicam que o monóxido de carbono, quando inalado, compete com o oxigênio na ligação com a hemoglobina. Ou seja: ele toma o lugar do oxigênio na ligação com nossas células sanguíneas, dificultando o transporte de oxigênio por todo nosso corpo, causando assim dificuldade de respirar. Ao se ligar às nossas hemácias ele também deixa o sangue mais grosso, fazendo com que nosso corpo tenha que produzir mais hemácias para suprir a quantidade parasitada pelo monóxido de carbono.
Os cigarros mentolados costumam ser porta para o vício de diversos jovens.

Por deixar nosso sangue mais denso, o monóxido de carbono pode facilitar a formação de plaquetas, que virarão trombos, que poderão obstruir as artérias e dar margem a doenças cardíacas e derrame cerebral. "Inclusive pessoas que não fumam, mas que já apresentam algum problema cardiovascular, podem sofrer de dificuldade respiratória, asma e até ataque cardíaco ao inalar a fumaça do cigarro", conta Alberto.

"Se você tem muito monóxido de carbono no corpo pode ter tontura, diminuição do nível de consciência e desmaios", diz Maria Vera.
cigarro pulmão
Cetonas: mais conhecido como removedor de esmaltes em forma de acetona, as cetonas são um produto entorpecente e inflamável.

A inalação das cetonas em pequenas quantidades irrita a garganta e causa tonturas e dores de cabeça. Porém, se inalada em grandes quantidades pode causar uma intoxicação grave e levar a pessoa à morte.

Terebentina: é uma substância tóxica obtida através da extração de resinas de pinheiros. Muito conhecida como diluente e removedor de tintas a óleo. Ao ser inalada provoca irritação nos olhos, vertigem, desmaios e lesões no sistema nervoso, dependendo da quantidade.
jovem fumante
Cigarros mentolados são mais ou menos vilões?
Os cigarros ditos mentolados são aqueles que possuem sabor, como menta e cravo. Muito popular entre adolescentes por ter um gosto mais doce do que os cigarros normais, os mentolados costumam ser o primeiro cigarro e porta para o vício de diversos jovens.

Uma pesquisa desenvolvida na Universidade de Medicina e Odontologia de New Jersey, nos Estados Unidos, sugere que os cigarros mentolados fazem com que a pessoa tenha mais dificuldade para largar o vício. E isso se dá justamente por seu gosto refrescante, que mascara o amargo da nicotina e alcatrão.

A pesquisa revela ainda que as pessoas que fumam cigarros mentolados tendem a fumar menos cigarros por dia, porém, tragam mais profundamente, ficando assim expostas às mesmas quantidades de substâncias nocivas. 
Segundo dados da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), o número de marcas de cigarros com sabor já representa 22% dos tipos à venda.Uma pesquisa feita pelo Instituto Nacional de Câncer aponta que 45% dos fumantes de 13 a 15 anos consomem os tais cigarros com sabor.

O presidente da comissão de Tabagismo da Sociedade Brasileira de Pneumologia afirma que os aditivos presentes no cigarro mentolado não amenizam o efeito nocivo do tabaco, porém ainda não é possível medir as consequências do consumo desses aditivos. "Não sabemos como esses produtos são adicionados ao tabaco, já que é uma informação confidencial. Por isso é difícil dizer quais são as consequências da ingestão dessas substâncias", afirma.


FONTE:http:// www.minhavida.com.br

segunda-feira, 28 de maio de 2012

BELEZA DA PELE

Cuide da sua pele antes de dormir em sete passos

Seguindo essa rotina diariamente, você nunca mais vai ter o que disfarçar

  Fatores como radiação solar, poluição, fumaça de cigarro, mudanças de temperatura e maquiagem fazem com que a pele fique envelhecida, desidratada e sem brilho, afirma a esteticista Ana Paula Gonçalves Cruz, do Spa Goodness Estética & Bem-estar, em São Paulo. Mas, felizmente, é bem simples e gostoso se proteger contra tudo isso. Uma boa limpeza, combinada aos cosméticos certos, garante o equilíbrio da oleosidade e a proteção necessária, diz a dermatologista Carla Albuquerque, da Sociedade Brasileira de Dermatologia.


mulher retirando a maquiagem - Foto Getty Images



Passo 1: tire a maquiagem
O sabonete, por melhor que seja, não é suficiente. Para remoer todos os restinhos da sua produção, conte com um bom demaquilante ou um tônico facial (vale substituir por uma loção adstringente, caso sua pele seja oleosa). Espalhe o produto com um algodão, até que ele saia sem vestígios de pó, base, sombra ou blush.
mulher passando creme no rosto - Foto Getty Images
Passo 2: aplique um creme de limpeza
Estes produtos têm uma ação profunda, ajudando a remover as impurezas, como maquiagem e o excesso de oleosidade. Isso graças aos ativos com ação adstringente ou hidratante, dependendo do seu tipo de pele. Só é preciso seguir com cuidado as orientações presentes no rótulo quanto à permanência do produto no rosto. Do contrário, podem surgir coceiras, descamações ou manchas vermelhas.
mulher lavando o rosto - Foto Getty Images
Passo 3: lave o rosto
Nem pense em usar o sabonete que você passa no restante do corpo. Líquido ou em barra, ele é mais abrasivo e tende a aumentar a oleosidade da pele (o que, no rosto, aumenta as chances de surgirem cravos, espinhas e miliuns sebáceos). Peça ao seu dermatologista uma receita de sabonete próprio para o seu tipo de pele ou use uma loção de limpeza, em gel.
esfoliante - Foto Getty Images
Passo 4: faça uma esfoliação
Duas vezes por semana, aplique m creme específico para remoção das células mortas. Algumas marcas também dispõem de máscaras de esfoliação. A escolha só depende da sua preferência. Essa limpeza vai deixar sua pele com muito mais brilho e livre daqueles pontinhos pretos que, se não forem retirados, tendem a virar cravos. No fim da esfoliação, lave bem o rosto.
mulher com sachês de chá nos olhos - Foto Getty Images
Passo 5: descongestione a área dos olhos
Esta dica é especialmente dedicada a quem sofre com as olheiras de cansaço. Depois de todo o ritual de limpeza, mantenha um sache de chá de camomila gelado sobre cada um dos olhos. Bastam dez minutos para notar o clareamento progressivo da região. Nos casos mais severos, um creme à base vitamina K também rende bons resultados.
mulher passando creme na área dos olhos - Foto Getty Images
Passo 6: preserve áreas delicadas
Se você tem tendência a sofrer com acne ou manchas, aproveite a noite para usar produtos que combatem o problema. O mesmo vale para os cremes que previnem as rugas e a flacidez (principalmente na área dos olhos e do pescoço). Por causa dos ingredientes, estas fórmulas só podem ser usadas quando não há radiação solar (sob o risco de mancharem a pele). Só não se esqueça de, ao acordar, lavar bem o rosto e retirar completamente o produto.
mulher passando protetor solar no rosto - Foto Getty Images
E ao acordar...
Na pressa e nos tropeços matinais, a melhor receita é sempre a mais prática. Então, não complique: lave o rosto com um bom sabonete; aplique uma loca tônica ou adstringente e passe o seu filtro solar favorito. Maquiagem? Só se você já estiver cansada de explicar como faz para manter o brilho e vitalidade da sua pele e, para evitar mais perguntas, preferir dar uma disfarçada na sua beleza natural.



FONTE:http:// www.minhavida.com.br

quarta-feira, 23 de maio de 2012

VIDA E TRABALHO: ENCONTRE O EQUILÍBRIO

7 maneiras para melhorar o equilíbrio entre vida e trabalho

Todo mundo sabe que trabalhar com o que ama é estar sempre de férias, mas mesmo para quem conseguiu esta façanha, o dia-a-dia traz bastante pressão e o desafio é equilibrar a rotina de forma que ela seja saudável e equilibrada.
Confira aqui sete dicas para ajudar a equilibrar ou melhorar o equilíbrio entre trabalho e vida, para uma vida mais saudável e um trabalho mais produtivo e prazeroso:
 
Organização
A maneira de equilibrar as demandas da vida moderna, mais as necessidades do lar é com organização, o que vai economizar tempo, energia mental e evitar estresse desnecessário.
Mantenha um calendário conjunto que combine as atividades da família e do trabalho, para evitar conflitos de horário, e estabeleça um tempo para as atividades domésticas, trabalho de casa, atividades da família e horas de lazer.
 
Flexibilidade
Uma maneira de manter o equilíbrio entre as atividades familiares e o trabalho é um horário de trabalho com certa flexibilidade.
De olho na necessidade de manter os funcionários felizes no trabalho, muitas empresas já se encontram flexibilizando horários e colocando à disposição de seus empregados uma gama de benefícios que ele e a família necessitam, melhorando a saúde e bem-estar de todos.
 
Exercícios
A atividade física é um dos aspectos que não podem ser negligenciados, e é importante ter um horário para as atividades físicas.
Se não for possível separar um horário, alguns apetrechos permitem combinar horário de trabalho com exercícios, como a esteira que é também estação de trabalho com computador. Outro equipamento que promete conjugar trabalho e exercícios físicos é uma bicicleta ergométrica com um apoio para laptop.
Assim dá para ficar em dia com o trabalho ao mesmo tempo que se gasta calorias.
 
Aproveitando o deslocamento
Se não for possível se exercitar no trabalho, por que não se exercitar no caminho para ele? As viagens de carro estão associadas a sobrepeso, perda da capacidade cardiorrespiratória e aumento de outros fatores metabólicos de risco.
Para quem mora perto o suficiente, ir correndo ou pedalando é uma boa forma de se exercitar e melhorar a saúde.
 
Férias do e-mail
A capacidade de se desligar do trabalho quando está em casa está associada ao equilíbrio entre vida e trabalho, e uma medida desta capacidade é justamente o quanto os empregados conseguem se desligar do e-mail quando estão fora do ambiente de trabalho.
Desligar do e-mail reduz significativamente o estresse e permite que os empregados consigam se focar melhor. O empregado consegue dar mais atenção à amigos e familiares, e quando retorna ao trabalho, consegue ser mais produtivo.
Além disso, o controle dos horários que os e-mails chegam ajuda a diminuir as interrupções que prejudicam o andamento do trabalho.
 
Dependência tecnológica
Estudos demonstram que uma certa dependência da tecnologia pode na verdade ajudar a melhorar a produtividade, ajudando no equilíbrio entre vida e trabalho.
O uso de celular, por exemplo, permite que pais e mães continuem em contato com seus familiares ao mesmo tempo em que estão no local de trabalho, e também permitem o contrário, que o contato com a empresa possa ser mantido mesmo fora do trabalho, permitindo que o empregado participe de atividades familiares que antigamente eram privilégio de quem não tinha emprego.
 
Se desligar
A forma mais efetiva de equilibrar vida e trabalho pode ser a capacidade de se desligar completamente do trabalho.
Pesquisadores da Universidade de Toronto Scarborough, Canadá, acreditam que a melhor forma de lidar com trabalho demais e pouco tempo livre seja justamente deixar o trabalho completamente de lado. Colocar as tarefas de lado e encontrar alguma coisa para fazer não relacionada e afastada das demandas do trabalho pode ser a melhor forma de se recuperar da sobrecarga.
Mas é importante realmente se livrar do trabalho, e fazer alguma coisa sobre a qual não incidam as pressões do emprego.[LiveScience]


FONTE:http:// www.hypescience.com

sexta-feira, 18 de maio de 2012

CUIDADO COM O USO INCORRETO DO SECADOR

Fuja dos danos ao cabelo causados pelo uso incorreto do secador

Ressecamento, queima e perda de brilho dos fios são alguns dos problemas

Para muitas pessoas, o secador de cabelos não é mais um dentre tantos apetrechos de beleza, e sim um utensílio essencial no dia a dia. Ótimo quebra-galhos quando você resolve lavar as madeixas de noite, ele ainda é indispensável para um bom penteado, ainda que de última hora. O problema é que o uso frequente e inadequado começa a denunciar problemas capilares, como ressecamento e quebra dos fios.

De acordo com o dermatologista Valcinir Bedin, presidente da Sociedade Brasileira do Cabelo (SBC), a única maneira de não causar qualquer dano aos fios é adotando a temperatura média e mantendo o bocal do secador a, no mínimo, 20 centímetros dos
cabelos e sempre em movimento. Na prática, a história é bem diferente. Por isso, listamos os sete principais estragos causados pelo uso incorreto do secador.



Cabelos secos - Foto Getty Images

Fios ressecados

Um fio de cabelo saudável é um fio de cabelo bem hidratado, ou seja, com alguma porcentagem de água. "Quando secamos os cabelos usando o calor, toda a água evapora, fazendo com que eles fiquem ressecados", explica o dermatologista Valcinir. Por isso, o especialista recomenda sempre que possível deixar o cabelo secar naturalmente, pois assim ele conserva alguma umidade. Quem for seguir o conselho deve, de preferência, lavar os cabelos logo de manhã para aproveitar as maiores temperaturas do dia e para não correr o risco de dormir com os fios ainda molhados.
Cabelos quebradiços - Foto Getty Images

Fios quebradiços

O ressecamento dos cabelos decorrente do uso constante e incorreto do secador também pode tornar os fios mais quebradiços. "Desidratado, o fio perde a elasticidade, tornando-se muito mais frágil", aponta o dermatologista Elso Elias Vieira Jr., membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). Em longo prazo, a constante quebra leva a diminuição do volume, fazendo com que muitas pessoas imaginem estar ficando calvas, mas, na verdade, elas estão apenas perdendo o comprimento dos fios.
Mulher penteando os cabelos - Foto Getty Images

Fios queimados

"Se usado por tempo prolongado, a uma potência alta e com o bocal muito próximo dos cabelos, o secador pode até queimar os fios", alerta a dermatologista Samar Harati, do Hospital e Maternidade São Luiz. De acordo com a especialista, a queimadura é um dano permanente à estrutura capilar. Em outras palavras, não é possível recuperar totalmente o fio danificado. Assim, recomenda-se a realização de hidratações, o afastamento temporário do secador e o corte periódico dos fios até o momento em que a mecha queimada for eliminada.
Cabelos com frizz - Foto Getty Images

Frizz

O frizz está diretamente ligado à hidratação. Quanto mais bem cuidado os cabelos, menos rebeldes os fios. "Por isso, é fundamental evitar o ressecamento decorrente do calor do secador com produtos termoativos e hidratantes", afirma a dermatologista Samar. Além disso, vale a pena investir em um secador com íons, que evitam que eles fiquem muito arrepiados após a secagem.
Mulher secando os cabelos - Foto Getty Images

Alteração do pH

O pH ideal do couro cabeludo e da pele, como um todo, é 5,5, ou seja, levemente ácido. "Tal condição serve como proteção contra micro-organismos que podem nos prejudicar", esclarece Elso Elias. Mas ao eliminar a umidade dos fios, esse pH pode mudar, deixando-nos expostos à bactérias e fungos que podem se instalar na região afetada. Por isso é essencial dar férias do secador aos cabelos regularmente e tomar cuidado para não queimar os fios.
Mulher cortando as pontas do cabelo - Foto Getty Images

Fios com pontas duplas

Segundo o dermatologista Valcinir, as temidas pontas duplas não são consequência direta do uso do secador, mas de sua associação à escova de cabelos. "O processo mecânico de pentear e puxar os fios é extremamente agressivo e acaba afetando principalmente a área em que os cabelos sofreram mais dano ao longo do tempo: as pontas", explica. Assim, os que não abrem mão de uma boa escova também não podem deixar de cortar as pontas dos cabelos regularmente.
Cabelos oleosos - Foto Getty Images
Fios oleosos
Embora o uso do secador leve ao ressecamento dos fios, muitas pessoas percebem um aumento da oleosidade conforme o uso. "Isso acontece pela aplicação exagerada de leave-in ou outros cosméticos antes da secagem, cuja penetração é favorecida pelo ar quente", aponta Samar Harati. O certo é passar o produto apenas no comprimento dos fios e uma quantidade que ocupe um pequeno círculo na concha da mão.


FONTE:http:// www.minhavida.com.br

quinta-feira, 17 de maio de 2012

CHOCOLATE PRETO PROTEGE A PELE DOS RAIOS DE SOL...

Recente estudo realizado pelo Instituto de Nutracêuticos e Alimentos Funcionais da Universidade de Laval, no Canadá, apontou que o consumo do chocolate preto combate os efeitos negativos da exposição solar  Foto: Shutterstock
Recente estudo realizado pelo Instituto de Nutracêuticos e Alimentos Funcionais da Universidade de Laval, no Canadá, apontou que o consumo do chocolate preto combate os efeitos negativos da exposição solar
Foto: Shutterstock

  
Os fanáticos por chocolate têm agora uma boa razão para comer o doce sem culpa. Um estudo recente realizado pelo Instituto de Nutracêuticos e Alimentos Funcionais da Universidade de Laval, no Canadá, apontou que o chocolate preto protege a pele dos efeitos nocivos causados pelos raios ultravioleta.
Para comprovar essa relação positiva entre o chocolate e a saúde da pele, os pesquisadores canadenses reuniram cerca de 60 mulheres que foram divididas em dois grandes grupos. Cada uma das participantes do primeiro conjunto recebeu quatro tabletes de chocolate preto, enquanto as integrantes do segundo consumiram chocolate normal (ao leite). Durante o período do estudo, as voluntárias de ambos os grupos tiveram algumas partes do corpo expostas ao sol.
Ao final da pesquisa, os cientistas descobriram que as mulheres que comeram chocolate preto estavam mais protegidas à radiação solar do que as que consumiram o outro tipo de guloseima. De acordo com eles, esse efeito aconteceu porque o chocolate preto é rico em polifenois - substâncias encontradas no cacau e na formação de antioxidantes naturais que blindam a pele contra a radiação solar.
“Além de protegerem as células da pele dos danos que podem ser causados pelos raios ultravioleta, os polifenois têm uma potente atividade antioxidante contra a formação de radicais livres que aparecem em decorrência da exposição solar e do processo de envelhecimento biológico”, informa Mariana Tremel Barbato, dermatologista, especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

Benefícios para a pele
Quem pensa que o chocolate preto atua apenas contra os efeitos dos raios ultravioleta está enganado. Por ser rico em gordura, ele acaba sendo um prato cheio para combater também a pele ressecada. “As gorduras presentes no cacau formam uma barreira protetora que não deixa a umidade natural da epiderme escapar. Além disso, os poderosos antioxidantes do chocolate melhoram a circulação sanguínea e o aspecto da pele, que fica mais bonita e viçosa, pois o sangue é o condutor que transporta os nutrientes para os tecidos do corpo”, explica Priscila Bongiovani Spiandorello, nutricionista, associada do Centro Brasileiro de Nutrição Funcional (CBNF).

Como consumir?
Apesar de tantos benefícios, o consumo do chocolate deve ser feito com cautela. “Mesmo sendo bom para impedir a formação de coágulos nos vasos sanguíneos, melhorar a o humor e ajudar na beleza da pele, o chocolate não deixa de ser um alimento calórico. Por isso, recomendamos que o consumo seja feito em pequenas quantidades e que as pessoas optem sempre pelo amargo (chocolate mais escuro), que contém menos açúcar, cerca de 50% a 85% de cacau e 250 a 450 miligramas de antioxidantes”, revela Priscila.
Vale lembrar que o chocolate também pode fazer bem à pele, quando utilizado de outras formas, como em cremes que podem ser aplicados diretamente no corpo, por exemplo.. De acordo com a dermatologista, produtos que levam o chocolate preto e o cacau como matéria-prima são indicados justamente porque têm ação antioxidante e hidratante, que deixam a pele mais macia e favorecem a redução das marcas de expressão.




terça-feira, 15 de maio de 2012

A MULHER EMPREENDEDORA!

Franquias comandadas por mulheres faturam mais, diz Rizzo Franchise


SÃO PAULO
Parece que não só o número de mulheres à frente de franquias aumentou no último ano, mas também o faturamento de suas empresas.
De acordo com um recente levantamento da Rizzo Franchise, as franquias lideradas por profissionais do sexo feminino cresceram 11% em 2011, na comparação com o ano anterior. O mesmo ocorreu com a receita de faturamento de suas empresas, que tiveram uma alta de 34% em relação as franquias lideradas pelo homens.

Razões para o sucesso
Para justificar o melhor desempenho das franquias femininas, o estudo cita o fato desse público apostar mais nos programas de treinamento. Segundo a Rizzo Franchise, enquanto elas adotam uma postura de aprendizado, os homens acham que já sabem demais.
"Elas participam integralmente dos programas de treinamento e querem aprender. Já os homens, em contrapartida, adotam o eu já sei", diz o levantamento.
O gerenciamento do negócio é também outro fator que parece contribuir para tal desempenho. "Enquanto os homens se ausentam e delegam as atividades para seus funcionários, as mulheres estão presentes no dia a dia do negócio", informa o estudo.
Com isso, fica mais fácil entender as razões de tanto sucesso.

As preferidas
Entre os setores preferidos pelas mulheres, a área de saúde e beleza é a que mais se destaca, representando 10.543 franquias em operação entre 2011 e 2012. Outros segmentos como o de acessórios pessoais e fast food também lideram a preferência desse público, atingindo a marca respectiva de 8.437 e 7.941 franquias em operação.


FONTE:http:// www.infomoney.com.br

quarta-feira, 9 de maio de 2012

NOVOS TRATAMENTOS AJUDAM A TRATAR ESTRIAS

Os adolescentes têm. As mulheres grávidas podem ter. Pessoas que vivem engordando e emagrecendo também. A estria aparece quando a pele se estica e, mesmo podendo ser esticada, há um limite. Caso a pressão seja maior do que a pele possa aguentar, ela se rompe. A estria nada mais é do que esse rompimento da pele. Ela é um problema de pele que em uma hora ou outra vai aparecer na sua vida. Mas o que também apareceu são os inúmeros jeitos de prevenir e suavizar essas famosas (e temidas) listras na pele. Por mais que algumas pessoas não saibam, o tratamento de estrias é bastante eficaz, e pode deixa-las pouco visíveis. Veja algumas curiosidades sobre esse problema e também opções de tratamento.
Os homens sofrem com o problema quando engordam bastante (barriga e braços são as áreas mais afetadas) e não tem a pele bem hidratada
As mulheres sofrem mais

Pois é, elas são as mais afetadas com estrias do que os homens. Isso se deve ao fato de que a mulher tem dois hormônios - a progesterona e o estrógeno - que são os principais responsáveis pela ruptura das fibras elásticas da pele. Os homens sofrem com o problema quando engordam bastante (barriga e braços são as áreas mais afetadas) e não tem a pele bem hidratada, uma vez que o ressecamento da pele prejudica a sua elasticidade natural, e quando há necessidade da pele esticar, há maior facilidade no rompimento das fibras elásticas e o consequente aparecimento das estrias.

Branca ou avermelhada

A princípio, quando surgem, as estrias são avermelhadas/rosadas. É nesse estágio que elas são mais fáceis de serem tratadas. Se você consultar logo um dermatologista, com o creme certo pode acabar com elas mais rápido. Quando se tornam esbranquiçadas (ou nacaradas, como alguns falam) é porque já estão "adultas", aí o tratamento precisa ser mais profundo, leva mais tempo e pode envolver peelings.

O que causa estria

Engordar e emagrecer: as estrias costumam aparecer mais em pessoas que sempre ganham e perdem peso, o conhecido efeito sanfona. Isso acontece porque, com o aumento de peso, as células da epiderme não têm tempo de se duplicar na proporção que as novas células de gordura exigem. Assim, as estrias aparecerem em regiões em que o aumento de peso é maior, como no bumbum, na barriga, nos braços, nas coxas e nos seios.
Fase do estirão: quando acontece um crescimento rápido durante a puberdade e a adolescência, o corpo necessita de tempo para se adaptar ao crescimento dos órgãos e, quando isso não ocorre, a estria aparece. Por isso, muitos adolescentes, mesmo magrinhos, apresentam estrias.
Músculos a jato: quando os músculos aparecem de forma muito rápida, acabam esticando demais a pele e rompendo suas fibras. O resultado? Estrias! Por isso, desencane de tomar suplementos por conta própria. Se você quer aumento de músculos, o melhor é consultar a dupla treinador físico e nutricionista. Assim, você não corre riscos.
Usar cremes, deixar a pele sempre hidratada, tomar cuidado com o excesso de peso e não tomar sol sem protetor ajudam na prevenção
Gravidez: os hormônios da gravidez junto com o aumento de peso e o crescimento da barriga podem levar ao aparecimento das estrias. Por isso, é fundamental controlar o peso (o bom mesmo é engordar um quilo por mês) como também procurar deixar a pele hidratada com uso de óleos e cremes hidratantes bem potentes. Hoje em dia, há produtos específicos para a pele da grávida, ok? Opte por eles, que são mais eficientes.
Ressecamento da pele: o abuso do sol pode contribuir para o surgimento de estrias. O sol deixa as fibras mais frágeis e compromete suas propriedades. Os banhos muito quentes que removem a camada protetora da pele e a falta de hidratação também facilitam o aparecimento de estrias.

Para prevenir

Usar sempre hidratantes e óleos com propriedades hidratantes (aquelas à base de uréia, óleo de semente de uva e de amêndoas são os que mais tem poder hidratante) após o banho porque é quando a pele absorve de forma mais fácil o produto é o primeiro caminho para evitá-las. Assim como controlar o peso, não abusar de banhos quentes e do sol sem protetor solar. E lembre-se: a partir do primeiro sinal de estria, agende uma consulta com seu dermatologista. Quanto mais rápido você começar a cuidar do problema, mais rápido e fácil ele se despede da sua pele.

Os tratamentos que resolvem

Existem vários tipos que dão resultado. Esqueça o mito de que estria não tem cura. Mas só quem pode indicar com 100% de certeza é seu dermatologista, não adianta chegar pedindo um peeling, por exemplo. Os mais certeiros são:

Fraxel laser SR 1500: este laser é ideal para as estrias mais adultas, as esbranquiçadas, pois faz microperfurações na pele, que vai responder com cicatrização de colágeno. Você precisa de no mínimo três sessões com intervalos quinzenais ou mensais para ver os resultados.
Luz pulsada: é uma espécie de laser que trata as lesões da pele avermelhadas, marrons e os microvasinhos. É ideal para apagar as estrias na fase inicial. De cinco a oito sessões são necessárias.

ESTRIAS

Estrias podem ser prevenidas e também possuem tratamento

Esse problema na pele é até seis vezes mais comum em mulheres

As estrias de distensão, popularmente chamadas de "estrias", representam uma afecção, ou seja, uma ação maléfica, muito comum à pele que, de acordo com sua intensidade, podem levar a problemas estéticos e emocionais relevantes para quem a possui. Trata-se de lesões lineares, inicialmente rosas ou avermelhadas que evoluem, aumentando de tamanho e largura, e assumem uma coloração esbranquiçada.

Elas são de três a seis vezes mais frequentes no sexo feminino, em comparação ao masculino, e aparecem já nos primeiros anos da adolescência, com pico de instalação dos 14 aos 20 anos de idade e ocorrem por alterações nas fibras elásticas, que se fragmentam, e nas fibras colágenas, que se dispõem paralelamente à superfície da pele.
Elas são de três a seis vezes mais frequentes no sexo feminino, em comparação ao masculino, e aparecem já nos primeiros anos da adolescência

Existem locais em que é mais comum o aparecimento de estrias entre as mulheres e os homens. No sexo feminino, ocorrem nas nádegas, abdômen e mamas. Já no masculino no dorso, nas regiões lombar e sacral e parte externa das coxas. Outras regiões de aparecimento são no tronco e nas axilas.
As estrias ocorrem por causa da instalação de uma intensa distensão local na pele. As principais causas para isso são: crescimento intenso em pouco tempo, aumento de peso, distúrbios hormonais, principalmente os da glândula supra-renal, uso de corticóides em grande quantidade ou por longo período, contraceptivos hormonais, doenças próprias do colágeno e gravidez

Prevenção

Algumas dicas são importantes para prevenir e diminuir o aparecimento das estrias:
Alimentação: manter uma dieta equilibrada, rica em legumes, verduras, frutas, sucos e proteínas de animais de carne branca. Evitar frituras, dando mais atenção a alimentos cozidos com pouco óleo ou os grelhados. Ingerir água potável várias vezes ao dia.
Exercícios físicos: ter uma vida com um ritmo de atividade física frequente e adequado à sua condição esportiva.
Manutenção do peso: estar atento para não ganhar peso além do adequado para sua altura e constituição corporal.

segunda-feira, 7 de maio de 2012

AGORA É A VEZ DE FALAR DOS ALIMENTOS QUE PREVINEM AS RUGAS

Barre o envelhecimento ingerindo alimentos que previnem as rugas

Eles contêm substâncias importantes para manter sua pele mais jovem


Você é aquilo o que você come. Quantas e quantas vezes já ouvimos essa sentença sem entender suas implicações práticas? Mas o que uma alimentação saudável pode fazer por alguém além de ajudar a manter em forma? É simples. Os alimentos fornecem substâncias que influenciam no funcionamento de nossas células, podendo contribuir para o surgimento de doenças ou ajudar a evitá-las, além de atuar em todo o processo de envelhecimento. Sendo assim, até aquele potinho de creme para o rosto que custou uma nota vai ter a eficácia comprometida se você descuidar da alimentação. "Com uma alimentação variada e equilibrada, podemos obter antioxidantes e proteínas importantes para retardar o aparecimento das rugas", afirma a dermatologista Daniela Taniguchi. Isso mesmo: os alimentos podem atuar como verdadeiros potencializadores dos tratamentos estéticos, dando um banho de hidratação e reforçando a elasticidade da sua pele. Conheça os principais itens do seu cardápio capazes de realizar essa obra.
                            
Soja - Foto: Getty Images
SOJA: A soja é vedete da boa saúde - e também da sua beleza! Ela contém isoflavonas, que atua da mesma maneira que o hormônio feminino estrógeno na pele. "Com o envelhecimento e a perda de estrógeno, a pele vai ficando mais fina e sensível, o que colabora para o aparecimento das rugas", explica a dermatologista Daniela Taniguchi. Também por conta disso, a soja pode ajudar no combate aos sintomas da TPM e prevenir a osteoporose.
Vitamina C - Foto: Getty Images
FRUTAS COM VITAMINA C: Laranja, morango, limão e acerola são, além de frutinhas deliciosas, benfeitores da sua pele. "A vitamina C, presente nesses alimentos, ajuda a formar o colágeno que, por sua vez, atua na elasticidade da pele", explica Daniela. Além disso, essa vitamina tem ação desintoxicante, prevenindo infecções, gripes e resfriados.
Cobre e Manganês - Foto: Getty Images
COBRE E MANGANÊS: Amêndoas, feijões, lentilha, nozes e grão-de-bico possuem esses dois minerais que também agem na vitalidade da sua pele. "Eles estimulam a produção de colágeno. Eles são bons cicatrizantes, além de combater os radicais livres e suavizar a pele, especialmente se existir alguma irritação", diz Daniela.
Betacaroteno - Foto: Getty Images
BETACAROTENO: Alimentos que contém betacaroteno protegem a sua pele contra os raios solares e, assim, evitam o envelhecimento cutâneo. De acordo com a médica, "essa substância, presente no mamão, cenoura, tomate, abóbora e mamão, é um betacarotenoide, um tipo de antioxidante, que trabalha combatendo os radicais livres, responsáveis por destruir as células de colágeno". No caso do tomate, há ainda o licopeno, outro tipo de flavonoide.
Castanha-do-pará - Foto: Getty Images
CASTANHA-DO-PARÁ: A castanha-do-pará é rica em selênio, um mineral com propriedades antioxidantes. Ele previne e retarda o envelhecimento ou o chamado endurecimento dos tecidos pela oxidação e contribui para manter a elasticidade natural da pele. "O selênio também é fundamental para manter o humor e, quem não sorri e vive com uma expressão contraída, têm mais rugas", conforme diz Daniela Tamaguchi.
Chocolate - Foto: Getty Images
CACAU: A fruta, principal ingrediente do chocolate, tem um antioxidante poderoso, que trabalha aumentando a irrigação sanguínea, o que retarda o aparecimento das rugas. No entanto, fica uma dica: "não coma o chocolate em excesso, pois contém gorduras que deixam a pele mais oleosa", explica a dermatologista. Além disso, o chocolate com mais antioxidantes não é o ao leite, queridinho dos chocólatras, e sim o amargo, rico em flavonoides.
Peixe - Foto: Getty Images
PEIXES E SEMENTES OLEAGINOSAS: O ômega 3 e o ômega 6 são substâncias que ajudam a formar uma substância chamada ceramidas, que tem a função de hidratar a pele e protegê-la de inflamações e alergias, de acordo com a dermatologista. Os ácidos graxos ômega-3 e 6 não são sintetizados pelo organismo e são dependentes de fontes exógenas, como alguns alimentos ou suplementos nutricionais: podemos encontrá-lo nos peixes de água fria (salmão, atum, truta), nas nozes, castanhas e nos óleos vegetais como azeite, canola, soja e milho.
Iogurte - Foto: Getty Images
IOGURTE: O iogurte é responsável por manter os probióticos, bactérias que regulam o intestino. Com o intestino preso, a pele sofre porque passa a receber mais toxinas. "O iogurte pode auxiliar no combate a manchas e alergias, surgidas quando a digestão não vai bem e que dão um aspecto mais envelhecido a pele", diz Daniela.




FONTE:http:// www.minhavida.com.br

SETE MANEIRAS PARA EVITAR RUGAS

Sete maneiras inusitadas para evitar linhas de expressão

Dormir de barriga para cima e usar óculos são alguns dos hábitos que previnem rugas

    
Você acha que só os cremes são capazes de evitar os sulcos e linhas finas que se formam no rosto, colo e pescoço? Saiba que os movimentos faciais carregados de tensão ou a posição que você dorme também contribuem para a formação de rugas. Ao fazer força na musculação, por exemplo, é comum contrair a face e colocar a tensão nos músculos errados. Além disso, algumas emoções ou um tique nervoso nos fazem franzir a testa, puxar a boca para baixo ou torcer o nariz.

"O que piora as
rugas e os sulcos são os movimentos involuntários e repetitivos", explica a especialista em ginástica facial Bartira Bravo, de São Paulo. E, sem que você perceba, sua pele vai ficando com uma fisionomia mais cansada.

Mas você não precisa deixar de se expressar para manter a pele lisinha. Basta evitar a sobrecarrega os músculos. Confira as dicas abaixo para aprender a fazer isso e deixar sua pele jovem por mais tempo.
                            
Durma de barriga para cima

Dormir com a cara enfiada no travesseiro ou até mesmo de lado, comprimindo a lateral do rosto, pode favorecer a formação de linhas de expressão. "Passar oito horas por dia, por vários e vários anos, na mesma posição causa as chamadas rugas de travesseiro" explica a dermatologista Maria Paula Del Nero, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Deitar-se de lado provoca a formação de sulcos no queixo e bochecha. "Isso explica porque algumas pessoas têm mais rugas de um lado do rosto", lembra a especialista. A região do colo e pescoço também sofre com essa posição, pois também há a sobrecarga da musculatura. Já dormir de bruços predispõe às marcas na testa. Principalmente em quem já tem a pele e a musculatura do rosto mais flácidas.

Dormir de barriga para cima e caprichar na
hidratação dessas áreas garante que a pele acorde e permaneça lisinha.
Problemas de visão - foto: Getty Images
Você precisa de óculos?

Você é daqueles que fica franzindo os olhos na frente do computador? Saiba que além de prejudicar sua visão esse hábito pode aumentar suas linhas de expressão.

"Quando você tem um problema de vista e não usa os óculos corretamente, a tendência é ajustar o ângulo de visão fechando as pálpebras e contraindo os músculos da face, principalmente da testa" explica Maria Paula. Com o tempo essas marcas se tornam permanentes.

A solução é bastante simples: basta consultar um oftalmologista, escolher os óculos ideais e parar de fazer careta.
Sensibilidade dos olhos ao sol  - foto: Getty Images
Olha o sol!

As rugas pela falta de óculos de sol surgem da mesma maneira que as marquinhas pela falta de óculos de grau. "Nesse caso, as linhas de expressão tornam-se mais evidentes porque os músculos se tensionam para deixar os olhos semicerrados e protegidos da radiação solar", explica Bartira Bravo.

Comprar um óculos de sol de boa qualidade, que impede que você tencione seus músculos e protege seus olhos da radiação, já resolve o problema.
Mulher fumando - foto: Getty Images
Pare de fumar

O cigarro libera inúmeras substâncias que causam o envelhecimento precoce da pele. As toxinas liberadas na corrente sanguínea destroem as fibras de colágeno, responsáveis pela sustentação da pele.

"Mas, além disso, fazer biquinho por muitos anos causa a formação de rugas ao redor da boca, típicas de fumantes", explica Maria Paula.

Essas linhas são causadas pela movimentação frequente da musculatura que contorna os lábios, e acaba deixando a pele marcada. "Cerca de 80% das pessoas que fumam acabam tendo essas rugas ao redor dos lábios", aponta a dermatologista.
Mulher tensa - foto: Getty Images
Libere as tensões

A testa é um ponto em que a tensão é descarregada com frequência. "Essa emoção causa uma contração bastante intensa do músculo, capaz de deixar a pele marcada com o passar dos anos", explica Bartira Bravo.

Ao contrário, rir bastante promove uma contração mais leve da musculatura facial e ainda libera endorfinas, hormônio que dá vitalidade à pele. A ginástica facial também é aliada, pois tonifica a musculatura e evita rugas de flacidez.
Mulher no dentista - foto: Getty Images
Vá ao dentista

Uma mordida muito forte, causada por disfunções da articulação da mandíbula, pode cansar a musculatura facial com o tempo e causar a formação de rugas de expressão. "Nesses casos, a primeira coisa a fazer é procurar um dentista especializado, para depois tentar atenuar as marquinhas que você já tem", orienta Bartira.
Mulher fazendo esforço - foto: Getty Images
Cuidado com os esforços

"Ao fazer algum movimento que demande um grande esforço, como a musculação ou o abdominal, é praticamente inevitável fazer uma careta. Se você faz isso com frequência, a pele tende a ficar com as marcas desse esforço", explica Maria Paula. "Apesar de ser um ato tanto quanto reflexo, ao criar a consciência do gesto, fica mais fácil impedi-lo", comenta a especialista.



FONTE:http:// www.minhavida.com.br

domingo, 6 de maio de 2012

VOCÊ SABE COMO UTILIZAR O MOUSSE PARA CABELO?

Conheça as várias facetas do mousse



O mousse deixa o cacho perfeito. Foto: Terra
O mousse deixa o cacho perfeito

Está aí um dos finalizadores mais versáteis que existem. "O mousse tanto tira quanto dá volume ao cabelo, deixa o cacho perfeito, o liso bem reto, valoriza as linhas do corte, dá textura ao desfiado ou repicado e pode substituir o gel quando se quer uma fixação leve sem deixar o penteado duro", diz o cabeleireiro Luiz Cintra, do salão Emília Borges, em São Paulo. Essa lista de efeitos pode ser obtida em fios de todos os tipos, desde que o produto seja usado da maneira correta.

O primeiro passo é escolher o grau de fixação que se deseja: suave, que deixa o visual bem próximo do natural; média, para um look mais produzido; e forte, perfeito quando se quer que a produção dure o dia inteiro.

Depois, é importante dosar a quantidade conforme o comprimento do cabelo - geralmente se usa o equivalente a uma bola de golfe nos curtinhos, uma de tênis para os médios e duas para os longos, que devem ser distribuídas na palma da mão e, em seguida, passada delicadamente nos fios conforme o efeito desejado. O cabeleireiro Luiz Cintra explica com fazer, se você quer:

Cachos definidos

"Aplique o mousse no cabelo seco ou úmido, amasse as pontas em direção à raiz e deixe secar naturalmente ou posicione os fios dentro do difusor acoplado ao bocal do secador."

Um liso bem reto

"Passe o produto no comprimento, tomando o cuidado para não tocar a raiz, e faça uma escova com secador na sequência."

Valorizar as linhas do corte ou dar textura ao desfiado ou repicado

"Distribua o mousse no comprimento, modelando as pontas com os dedos e, ao mesmo tempo, usando o secador. Se quiser, deixe secar ao natural."

Aumentar o volume

"Passe o cosmético no comprimento, amassando-o com as mãos e virando a cabeça para baixo."

Reduzir o volume

"Aplique o mousse no comprimento e deixe secar ao natural."

quinta-feira, 3 de maio de 2012

OS BENEFÍCIOS DO CHÁ-MATE

Sete motivos para beber mais chá-mate

Erva controla o colesterol, faz bem para o coração e ainda ajuda a emagrecer

  Os amantes de chá vão adorar esta novidade: a Ilex paraguariensis, erva comumente usada para fazer o tradicional chimarrão e o tereré, pode trazer diversos benefícios à saúde. Para quem não sabe, esse é o nome científico do mate, que apesar de amargo, pode virar uma bebida deliciosa. Antes de esquentar a água, porém, é bom saber que nem todo saquinho de chá vai ajudar a secar os quilinhos a mais.

A nutricionista Karina Barros, consultora de nutrição da Abiad, explica que os pesquisadores ainda estão tentando descobrir a melhor forma de ingestão da erva para obter mais benefícios. Enquanto a descoberta não chega, opte pelo chá-mate das folhas, já que os saquinhos geralmente trazem misturadas outras partes da planta, o que disfarça o efeito da erva. Beba cerca de um litro da infusão por dia, mas procure fracionar o consumo entre as refeições. Pronto para incorporar a bebida à sua rotina? Confira os benefícios a seguir.


Mulher tomando chá - foto: Getty Images
Diminui o colesterol

Uma pesquisa realizada pela Universidade Federal de Santa Catarina constatou que consumir três doses diárias (aproximadamente 300 ml cada ou quase 1 litro por dia) da bebida diminui em 13% as taxas de colesterol ruim, o LDL, e aumenta a de colesterol bom, o HDL.

Segundo os especialistas, isso acontece porque o chá-mate possui algumas substâncias - alcaloides e glicídios - capazes de interagir com os ácidos biliares e reduzir a absorção de colesterol.
Moça tomando chá - foto: Getty Images
Protege o coração

Por ser rico em antioxidantes, o chá-mate ajuda a prevenir doenças cardíacas. O nutrólogo Roberto Navarro, membro da Associação Brasileira de Nutrologia, explica que a presença de substâncias chamadas polifenois são as maiores responsáveis por essa prevenção. "Elas evitam o acúmulo de gordura nos vasos e previnem doenças inflamatórias", afirma. Além disso, a própria redução do colesterol já ajuda a proteger o coração.
Mulher tomando chá - foto: Getty Images
É antioxidante

A erva-mate possui ácido clorogênico, um antioxidante capaz de influenciar diversos mecanismos corporais, por meio da diminuição da oxidação celular. "Isso contribui para um equilíbrio metabólico", explica a nutricionista Karina. Uma pesquisa realizada pelo Instituto Nacional de Yerba Mate, na Argentina, mostrou que a infusão de erva mate é uma importante fonte desses antioxidantes que protegem as células contra os radicais livres (moléculas que causam envelhecimento e doenças).
Barriga - foto: Getty Images
Melhora a digestão

Roberto Navarro explica que o chá mate ajuda na liberação dos sucos digestivos, principalmente a bile e, por isso, pode facilitar a digestão dos alimentos. Além disso, a bebida tem ação diurética, ajudando na eliminação de toxinas que fazem mal para o organismo e dificultam o emagrecimento.
Homem tomando chá - foto: Getty Images
Estimula o cérebro

As xantinas, substâncias semelhantes à cafeína, presentes no chá-mate podem melhorar o desempenho cerebral. O nutrólogo Roberto explica que o cérebro envelhece por oxidação dos neurônios. Como o chá-mate é uma boa fonte de polifenois antioxidantes, de maneira indireta pode retardar esse envelhecimento. Mas é preciso moderação: em excesso, a bebida pode causar irritabilidade e insônia.
Perda de peso - foto: Getty Images
Ajuda no emagrecimento

"Além de ter efeito termogênico, que acelera o metabolismo e aumenta o gasto calórico em repouso, a erva-mate tem ação lipolítica, que facilita a queima de gordura em excesso", explica Roberto Navarro. Se você incluir a bebida em uma dieta balanceada, terá mais chances ainda de emagrecer.
Erva-mate - foto: Getty Images
Protege o fígado

A nutricionista Karina explica que o chá pode auxiliar na oxidação da gordura do fígado e, por isso, colaborar com o tratamento da esteatose hepática, que é o acúmulo de gordura no fígado.


FONTE:http:// www.minhavida.com.br






quarta-feira, 2 de maio de 2012

MAQUIAGEM PARA DISFARÇAR RUGAS

Truques de maquiagem para disfarçar as rugas

Pouco pó e nada de cintilante estão entre as dicas para rejuvenescer

        Quando as rugas e linhas de expressão saltam quando você encara o espelho, é hora de aliar bons cremes a ótimos truques de maquiagem. Ela não esconde tudo, mas deixa a aparência bem mais leve, afirma a maquiadora Priscila Konst, especialista em técnicas para a terceira idade e palestrante do Age Seniors Center, em São Paulo. Ficou interessada? Então aproveite todas as dicas que ela dá para quem deseja rejuvenescer como num passe de mágica.

mulher segurando vários pincéis de maquiagem - Foto Getty Images
Contornos suaves
A pele mais velha apresenta, além de mais linhas de expressão, uma flacidez maior. Para amenizar isso, uma boa medida é delinear os olhos e a boca com muita suavidade (essas áreas costumam concentrar mais rugas). Uma boa base também é fundamental. Escolha uma com textura cremosa, que deixa o rosto bem hidratado , ensina Priscila. Um truque esperto é esquecer as cintilâncias. Isso porque os tons opacos disfarçam melhor.
pó e pincel de maquiagem - Foto Getty Images
Pó, um perigo
Usá-lo para dar o arremate na uniformização da pele pode acabar pondo toda sua maquiagem a perder. A textura em pó acabe se acumulando entre uma ruguinha e outra, o que só deixa esses sinais mais evidentes. As pálpebras caídas também são ressaltadas. Por isso, tente evitar (ou use bem delicadamente).
mulher passando batom vermelho - Foto Getty Images
Prefira batom seco
Na hora de colorir os lábios, o ideal é ficar com os bastões menos cremosos. Eles pintam sem escorrer ou se acumular nos sulcos da boca ou ao redor dela.
mulher passando blush - Foto Getty Images
Ressalte os olhos
Chamar a atenção para as sobrancelhas é uma boa tática para despistar olhares da suas ruguinhas. Para isso, conte com um blush bem aplicado no ponto mais alto da maçã do rosto. Elas vão ficar mais arqueadas, harmonizando o rosto. Também escureça um pouquinho o cantinho interno do canto dos olhos, com lápis preto ou marrom forte. Complete a produção passando um tom escuro de batom.
mulher passando corretivo - Foto Getty Images
Prepare a pele
Procurar produtos à base de DMAE (um agente firmador) é uma medida que mostra efeitos imediatos. Além de suavizar as rugas no instante em que é aplicado,esse tipo de cosmético aumenta a produção de colágeno e evita o surgimento de novas rugas (ou, pelo menos, diminui o ritmo em que isso acontece).
mulher usando cílios postiços e sombra cor-de-rosa - Foto Getty Images
Combinação arriscada
Priorizar na maquiagem as mesmas cores das roupas pode deixar o visual muito pesado. O ideal é fazer o make pensando nos acessórios que você vai usar. Mas sempre tome cuidado na hora dos brilhos.
mulher se maquiando - Foto Getty Images
Passo a passo da maquiagem impecável
Prestando atenção nos 6 passos abaixo, não tem como errar:

1.Limpe a pele com uma boa loção. Isso retira as impurezas e permite que a maquiagem apresente um efeito mais leve.
2. Tonifique com uma loção calmante. As de camomila são ótimas para dar ao rosto um ar mais descansado, suave. Limpar: com uma loção de limpeza
3. Hidrate o rosto e o colo com soro fisiológico.
4. Passe produtos com efeito tensor (DMAE, por exemplo)ao redor dos olhos e dos lábios
5. Uniformize a pele com uma base ligeiramente mais clara do que sua pele. Prefira marcas que também ofereçam hidratação.
6.Finalize a maquiagem na área dos olhos. Use cores opacas, como bege ou marrom. O efeito cintilante vai ressaltar as rugas.



FONTE:http:// www.minhavida.com.br